21/06/18 - 07:39:16

RenovaBR: Niully Campos é única mulher sergipana a participar do processo de formação

RenovaBR: Niully Campos é única mulher sergipana a participar do processo de formação

Com mais de quatro mil inscritos em todo o Brasil, programa selecionou 130 líderes

“Precisamos ouvir as pessoas, olhar no olho e entender as demandas da sociedade”. Assim pensa Niully Campos, advogada e presidente Estadual da Fundação João Mangabeira, membro do movimento Acredito e líder Renova Brasil, programa que forma pessoas de diversos perfis, comprometidas com a transformação política. O projeto, que selecionou 130 pessoas, num processo com cerca de quatro mil inscritos, realizou seu último módulo de formação durante esta semana, em Brasília (DF), e teve a líder como uma das representantes de Sergipe, sendo a única mulher do estado.

Os módulos de formação presencial tiveram início em fevereiro de 2018 e a militante vem aproveitandocom entusiasmo. Para ela, que também é pré-candidata a deputada estadual pelo PSB Sergipe, é importante fazer a defesa da democracia e pensar nas eleições com pluralidade. “É por isso que neste ano, eu coloco meu nome à disposição, pois penso e entendo a importância da participação da mulher na política e porque somos mais de 52% do eleitorado”, ressalta.

Nesta última fase do RenovaBR, os líderes tiveram programação no Congresso Nacional e Esplanada dos Ministérios; aulas de ativismo digital; palestras como Pontos Estratégicos para Construção de Políticas Públicas; Desafios da política, da integridade, da transparência e da complexidade; Crescimento Inclusivo e Sustentável no Brasil: Conquistas e Desafios; Direito Eleitoral + Contabilidade em Campanhas; Seminário sobre Renovação e Reforma Política; entre outras pautas.

Para Niully, o sentimento de fazer diferença de maneira concreta se une à qualificação para a política.“Minha experiência está sendo bastante enriquecedora, sobretudo pela troca de conhecimentos e da convivência com outras lideranças, cada um com suas particularidades. O RenovaBR é uma escolapara aqueles que realizam, têm disposição e capacidade. Sãolíderes das mais variadas agremiações partidárias, visões e ideologias, com o propósito de diálogo e construção coletiva, apesar das divergências”, explica.

A pré-candidata também observa que o cenário atual precisa da participação efetiva das pessoas, pois a postura omissa só gera fragilidade. “As pessoas podem estar desesperançadas e esse é um momento em que precisamos acreditar em nosso poder de mudança. Quando negligenciamos as eleições, votando em branco ou anulando voto, nos acomodamosou damos espaço ao que é velho. Tem boa gente na política e precisamos focar nessasopções, propostas e novas práticas”.

Mais que uma missão eleitoral; é uma missão de vida

Quando o assunto é equidade de gênero,umas das pautas debatidas pela advogada é a participação da mulher na política, pois, mesmo representando a maioria da população e do eleitorado, as mulheres ainda não preenchem as cotas de candidaturas. “Essa luta pela igualdade e da entrada da mulher na política é mais que uma missão eleitoral. É uma missão de vida. Acredito que deve ser uma missão de vida para todo mundo que entende que, quando a mulher se fortalece, toda a sociedade cresce, se desenvolve e a democracia amadurece”, observa.

Ao analisar o motivo da mulher não estar envolvidana política, a pré-candidata afirma que as pessoas precisam ter a responsabilidade de não culpar a mulher novamente, pois, no fundo, elas querem muito participar, mas foram criadas para ocupar espaços privados. “Fomos criadas para sermos heroínas. Temos que cuidar – ao mesmo tempo –da casa, dos filhos, do marido e, ainda, ir para a política. Então, às vezes, a própria sociedade, com esse machismo que enfrentamos diariamente, que também é ruim para os homens, não oferece condição pra assumir esses espaços públicos, que tem em sua grande maioria, a presença dos homens”.

Ainda de acordo com a líder RenovaBR, um dos primeiros passos para conquistar esse espaço é a igualdade de condição. “Tentamos lutar todos os dias para mudar esse cenário. Queremos que os homens que sejam parceiros de luta, que dividam conosco as tarefas e responsabilidades nos espaços privados, no mercado de trabalho e, dessa forma, nos sobre condição para assumirmos os espaços públicos de maneira justa. Tentamos lutar diariamente para mudar esse cenário”, ressalta Niully.

RenovaBR

Criado em outubro de 2017 para preparar pessoas deperfis e causas diferentes e comprometidas para entrar na política, o RenovaBR tem como objetivo a renovação, direcionados pelos valores da democracia, ética e vontade de servir.

O processo seletivo busca pessoas dos mais diversos meios, mas o mesmo compromisso com um Brasil melhor e potencial para ser a linha de frente da renovação política necessária. Selecionados, os líderes passam por uma formação e recebem bolsas de estudos. O programa envolve alguns dos maiores especialistas do Brasil, que ensinam temas como conhecimentos de campanha, comunicação, autoconhecimento, economia, ciência política e desafios do país.

Para que os bolsistas exerçam com eficiência seus papéis de liderança, eles têm à disposição ferramentas de estratégia, mídias digitais e mídias tradicionais, além de serem acompanhados por mentores durante toda a formação.

Eles vêm dos 27 estados brasileiros: 74% são homens e 26% de mulheres; 62% são brancos e 38% são pretos, pardos ou indígenas. Atualmente, no Congresso Nacional, menos de 10% se consideram negros e menos de 10% são mulheres.

Foto assessoria

Por Míriam Donald