24/06/18 - 05:51:45

PALCO CREMILDA RESGATA TRADIÇÃO E CULTURA NO FORRÓ

O cantor Elmo Santos, acompanhando do Trio Voz de Ouro e banda, abriu a noite de festa para centenas de pessoas que neste sábado, 23, véspera de São João, foram prestigiar a programação do Palco Clemilda, uma das grandes novidades do Forró Caju 2018. Montado na praça General Valadão, o local tem se destacado no evento por reunir uma grande diversidade de artistas da terra, chamando atenção de sergipanos e turistas.

“A gestão municipal está de parabéns pelo incentivo dado à música regional, já que os artistas da casa merecem um olhar incentivador e de valorização. Este apoio torna o trabalho das bandas conhecido, além de atrair a população para frequentar uma praça que talvez estivesse sem vida se não fosse o evento. É uma das opções de exaltar e trabalhar a cultura através do Palco Clemilda”, opinou a turista da cidade de Fortaleza, Rosiane Rangel, aprovando a volta e o novo formato do Forró Caju.

A homenagem feita à cantora Clemilda também foi unanimidade entre o público. A sergipana, natural do município de Nossa Senhora da Glória, Maris José Santos, por exemplo, reconheceu que o prefeito Edvaldo Nogueira acertou ao escolher a artista, falecida em 2014, para dar nome ao espaço. “A história de Clemilda está ligada ao nosso forró, e é por isso que digo que esta gestão não podia ter escolhido outro artista para homenagear. O prefeito e toda a sua equipe estão de parabéns. Precisávamos de um Forró Caju desse jeito, que nos traz novamente a tradição cultural que ficou perdida no tempo”, parabenizou.

Para o presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Cassio Murilo, esta é uma das edições mais fascinantes da festa. “Por tudo que tem acontecido; as apresentações em cada bairro da cidade – são 18 localidades que fazem parte do evento, além da Rua de São João -, o sucesso do Palco Clemilda. Isso celebra o que nós somos e reforça a ideia do que precisamos ter em relação a nossa estima e ao sentimento de pertencimento. Comemoramos o forró como parte de nossa cultura. E o prefeito Edvaldo está de parabéns, pois essa será uma edição inesquecível”, afirmou.

Investimento cultural

A quadrilha Arriba Saia, do município de Lagarto, foi a segunda apresentação da noite e encantou o público com muito brilho e animação. “Amei. Eu acho lindo e fiquei encantada com a apresentação, hipnotizada com a sincronia dos passos. Além de achar deslumbrante o figurino”, elogiou a universitária, Mayrla Oliveira.

O presidente da quadrilha Arryba Saya, André Niryva, ressaltou que a participação no Forró Caju foi uma comemoração muito especial pelos 16 anos de história do grupo, que este ano apresenta o tema ‘Entre véus e nós, o meu destino é simplesmente ser amado’. “É um privilégio para nós e um incentivo sem tamanho para a cultura e os artistas sergipanos. A gente só tem a agradecer por fazer parte desta festa e mostrar na capital do nosso estado a valorização da cultura popular através da dança coletiva”, declarou.

Encerrando a noite com um repertório de música nordestina, o maestro da orquestra Sofiva Baiões, José de Oliveira Filho, agradeceu a organização do evento e também parabenizou o novo formato do evento. “Cumprimento a Prefeitura de Aracaju, através da Funcaju, por multiplicar o Forró Caju levando aos bairros e instalando aqui no Marco Zero da capital um palco que traz o nome de um ícone da cultura. Aproveito a oportunidade para falar da importância desse investimento cultural que a gestão está fazendo, pois é dessa forma que iremos fomentar a nossa cultura e valorizar nossos artistas”, destacou.

Admirador do forró, o professor Lula, que costuma prestigiar o Forró Caju todos os anos, além dos shows nos palcos principais resolveu conferir de perto as atrações do Palco Clemilda. “Gosto muito do ritmo. Hoje resolvi prestigiar pela primeira vez o evento, junto da família, e minha impressão é de ser muito organizado, seguro. Estamos aproveitando bastante”, alegou. O aposentado José Ezequiel Santos concordou. “Gosto muito desse estilo de forró. A gente pode dançar e aproveitar para reunir a família e os amigos, depois seguimos para o Forró Caju nos mercados”, completou.

Fonte e foto assessoria