26/06/18 - 09:35:15

Saúde aumenta aplicações de vacinas contra a gripe em relação ao ano passado

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza terminou oficialmente no último dia 22. Apesar disso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) continuará imunizando os grupos prioritários até acabar o estoque da vacina. A ampliação para crianças até nove anos, e para adultos a partir de 50 também será mantida.

A diretora de Vigilância em Saúde da SMS, Taise Cavalcante, revela que 86,33% do público-alvo já foi vacinado em Aracaju, mas que a continuidade desse trabalho é importante, principalmente com a chegada do inverno – período de maior circulação dos vírus da gripe.

“Aracaju já conseguiu bater a meta de grande parte do público-alvo preconizado pelo Ministério da Saúde [MS]. Entretanto, o índice de gestantes e crianças ainda está bem abaixo do que gostaríamos [61,41% e 63,13%, respectivamente]. Para mudar isso, continuaremos a focar nesse público, mas precisamos que a população se conscientize, sobretudo sobre esses dois públicos, que possuem uma maior vulnerabilidade ao vírus”, alertou Taise.

Em 2018, a SMS já aplicou cerca de 21 mil doses a mais, em comparação ao ano passado, quando nenhum grupo prioritário conseguiu atingir a meta de 90% preconizada pelo MS. Do público-alvo, os professores compuseram o grupo de maior cobertura vacinal, com 127.29%, seguido por trabalhadores de saúde 104,04%, idosos 94,88%, e puérperas 90,85%.

“Somente este ano já vacinamos 107.318 pessoas em Aracaju, e isso mostra todo trabalho e preocupação da Saúde em proteger o bem estar da população. O número total de aplicações durante a campanha ainda não foi contabilizado, porém apenas o quantitativo parcial já é cerca de 15% maior em relação a 2017″, garantiu Taise.

Ações da Saúde

Para atingir esse aumento no índice, a Saúde de aracaju promoveu diversas ações de mobilização desde o início da campanha, em abril. Uma das principais foi o lançamento da unidade itinerante de vacinação.

“Esse posto móvel foi a grande novidade que diferenciou a campanha dos anos anteriores. Além disso, todas as unidades básicas foram abertas no sábado, dia 12 de maio [Dia D], exclusivamente para imunizar a população. Também atuamos em dois asilos da Capital (Rio Branco e Same), e montamos estandes nos dois shoppings da cidade para atender as pessoas que não tinham tempo de se vacinar durante a semana. Enfim, colocamos em prática várias estratégias para tentar chegar ao nosso público, porém ainda precisamos reforçar que o verdadeiro sucesso de uma campanha de vacinação só é possível de ser conquistado se existir a colaboração dos próprios usuários”, ressaltou Taise Cavalcante.

Foto assessoria