28/06/18 - 13:13:52

MÉDICA REFORÇA ALERTA PARA EVITAR ACIDENTES COM FOGOS

 

Mais uma vez o alerta é feito a respeito dos cuidados com as queimaduras em crianças envolvendo principalmente fogos de artifício. A cada ano, durante o período junino, é crescente o número de pessoas que não estão atentas aos alertas e acabam sendo vítimas e fazendo parte das estatísticas do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Foi assim durante o final de semana da festa de São João, que levou 30 pessoas ao Pronto Socorro do hospital, vítimas de queimaduras. A preocupação agora é com a festa de São Pedro, que começa nesta quinta-feira, 28, e segue com um final de semana prolongado.

A Referência Técnica da cirurgia plástica do Huse, Moema Santana, ressalta que além dos festejos juninos, a Copa do Mundo também está levando vítimas de queimaduras para atendimento nos prontos socorros, nas unidades de saúde e nos hospitais regionais. “Esse ano, além dos festejos juninos nós tivemos um diferencial que faz elevar esse número de vítimas de queimaduras, é a copa do mundo. Uma das nossas crianças que foram internadas da UTQ, foi devido a explosão de uma bomba que ele foi soltar em comemoração ao jogo da seleção e a bomba estourou antes causando a perda de dedos da mão. Por isso, eu reforço os cuidados e a vigilância em crianças”, disse.

O espetáculo dos fogos de artifício encanta e também apresenta riscos. A falta de cuidado com a utilização dos produtos acaba mais cedo com a festa de muita gente. O uso de bebidas alcoólicas é um fator que leva a acidentes. O uso de equipamentos de segurança como luvas, calçados adequados e casacos mais resistentes são essenciais para quem vai soltar fogos, no caso das crianças, a supervisão de um adulto é fundamental para evitar acidentes e principalmente quedas na fogueira.

“Tivemos uma criança que estava brincando próximo a uma fogueira e tropeçou caindo nela. Não tinha nenhum adulto supervisionando a brincadeira e ela foi retirada da fogueira pela amiga que brincava com ela no momento. Além desse caso tivemos um garoto que foi queimado por um buscapé que invadiu sua casa enquanto ele assistia apresentações da janela de casa. Vale ressaltar também que ao soltar fogos, nunca volte para saber porque o artefato falhou ou tente mexer na pólvora, um garoto se machucou e também ficou internado por esse motivo”, enfatizou Moema Santana.

Verificar as orientações do fabricante que seguem descritas nas caixas de fogos também é importante principalmente para os iniciantes. Saber respeitar as regras de segurança ainda é a melhor dica. Quanto aos cuidados para quem sofreu uma queimadura, seja por fogos de artifício, líquidos quentes, queda em fogueiras, entre outros, o ideal é não utilizar nenhum produto caseiro na região afetada, como explica a enfermeira e gerente da Unidade de Tratamento de Queimados do Huse, Elmara Salgado.

“Em caso de queimaduras, deve-se lavar o local com água corrente e enrolar em um pano ou uma toalha limpa a região afetada. Dependendo da extensão da queimadura, é preciso procurar um médico imediatamente e não se deve colocar nenhum produto caseiro na lesão como pó de café, gelo, pasta de dente, manteiga, clara de ovo, entre outros. Isso só vai dificultar e agravar a queimadura, causando até a inflamação da mesma”, afirmou.

Dicas

Algumas dicas importantes para quem vai comprar fogos é ter o cuidado com fogos de artifício vendidos clandestinamente, na maioria das vezes eles não são testados. Seguir as dicas do fabricante e orientações de como proceder, artefatos que venham com a base são mais seguras e evitam que a pessoa fique segurando, uma distância de 30 a 50 metros para explosão dos fogos é fundamental, não reaproveitar os fogos que não estouraram e se for guardar fogos de artifício em casa é melhor deixá-los em local seco e longe de fogões, isqueiros e do acesso a fumantes.

Fonte e foto SES