29/06/18 - 06:17:04

Férias escolares! Especialista orienta como aproveitar esse momento sem excessos

Férias! Essa é a palavra mágica na vida de todo estudante, momento de relaxar, viajar, brincar e desenvolver atividades que trazem leveza a rotina. Para as crianças é o momento ideal de passar aqueles dias na casa dos avós ou tios, reunir os primos e amigos para brincar até cansar. Essa pausa é fundamental para o bom funcionamento da saúde mental e física dos estudantes.

Conforme destaca a psicóloga Rochelle Rolim, do Hapvida Saúde, a pausa no ritmo agitado de aulas e atividades extracurriculares é necessária para evitar problemas que hoje são cada vez mais comuns: estresse e ansiedade. “É constatado clinicamente que quem exerce atividades repetitivas (como uma rotina escolar, de trabalho etc.) necessita de uma pausa mais prolongada com alguma frequência. Quando isso não acontece, a mente adoece. O corpo adoece”, ressalta Rochelle.

Programar atividades para as férias não é um problema. Organizar com os filhos brincadeiras em grupo, por exemplo, pode ajudá-los a desenvolver habilidades sociais e estimulá-los física e mentalmente. As viagens trazem novas experiências e oportunidade de conhecer lugares diferentes. Às vezes, não é preciso nem sair da cidade. Uma volta por um bairro diferente ou um passeio fora do roteiro diário já enriquecem o repertório das crianças.

A psicóloga Rochelle Rolim destaca, entretanto, que é fundamental que os pais não exagerem, criando rotinas rígidas para as férias. “Muitas vezes os pais acham que têm que encher a programação, levar a criança em todos os passeios, teatros, praias, viagens, quando, na verdade, ela só quer ficar em casa, jogando video game ou brincando com os amigos da rua. A verdade é que o equilíbrio é a palavra-chave”, afirma.

“Vivências que proporcionam a interação com o meio e com outros são sempre enriquecedoras, pois sabemos que as crianças têm uma enorme capacidade de absorção e percepção.Essas experiências vão construir sua visão de mundo, de homem, de sociedade e cultura. Mas isso não quer dizer que uma tarde jogando Xbox online com amigos não traga também alegria, satisfação e prazer”, acrescenta Rochelle.

Fonte e foto D.Comunicação Estratégica