02/07/18 - 08:11:20

Edvaldo: retomada do Forró Caju foi sucesso; em 2019, traremos mais inovações

Forrozeiro nato, o prefeito Edvaldo Nogueira compareceu aos seis dias do Forró Caju. Vibrante com o sucesso da festa, ele recepcionou os artistas, tocou zabumba, caiu na dança e ainda circulou pelo público, para ouvir a opinião da população sobre a retomada do evento. O saldo, segundo ele, foi extremamente positivo. O novo formato do Forró Caju expandiu a festa, ao levá-la para outras áreas da cidade, como a praça General Valadão e 17 bairros, ao mesmo tempo em que manteve os palcos Gerson Filho e Luiz Gonzaga, na Praça de Eventos Hilton Lopes.
No último dia dos festejos, neste sábado, 30, o prefeito, após curtir os shows da noite de encerramento, concedeu esta entrevista à Agência Aracaju de Notícias, na qual faz um balanço do evento, destaca os bons índices de segurança alcançados e já antecipa as novidades para a edição de 2019. Confira.
Agência Aracaju de Notícias – Prefeito, seis dias de festas nesta retomada do Forró Caju. Que balanço o senhor faz e qual o sentimento diante do sucesso do evento?
Edvaldo Nogueira – O balanço é extremamente positivo. Quanto aos sentimentos, são muitos os que invadem o nosso coração. Primeiro a alegria pela realização da festa, pois foi um trabalho com a participação de todos, com o envolvimento de todas as secretarias. Todo o nosso esforço foi colocado para garantir um Forró Caju de qualidade, com segurança e tranquilidade. O Forró Caju voltou em grande estilo e renovado, porque, além das apresentações na Praça de Eventos Hilton Lopes, também tivemos o Forró nos Bairros e o Arraiá da praça General Valadão. Foram 180 atrações em todos estes espaços, sendo 90% delas sergipanas, que levaram muito alegria para o público. Neste último dia, o sentimento maior é o da saudade desta festa maravilhosa, que mexeu com o coração de todos nós, aracajuanos, que trouxe de volta a autoestima, que movimentou a economia, que fez com que a gente reafirmasse a nossa cultura, a cultura do forró. Agora, é pensar no futuro, planejar um ano inteiro, para fazer, em 2019, um Forró Caju ainda melhor, mais alegre, que volte a ser o melhor festejo junino do Brasil.
AAN- Ainda no ano passado o senhor defendia a reformulação do Forró Caju, o que se concretizou agora, já que a festa voltou em novo formato e caiu na aceitação do público. O senhor esperava que fosse ser assim? 
EN – Era necessário reformular, eu sentia que precisava disso. Fizemos então uma programação com todos os ritmos, cores, misturando o tradicional com o moderno, o forró pé-de-serra com o eletrônico. Demos um novo formato, levando a festa para os bairros e criando o arraiá da praça General Valadão. A aceitação do público foi geral. Mas temos que avança ainda mais. Queremos em 2019 trazer mais inovações. A festa precisa sempre se reciclar. A cultura é isso: manter a tradição, mas incorporar novidades.
AAN – A festa teve uma grande participação de artistas sergipanos, o que também foi um ponto muito positivo. Isto será mantido? Que outros avanços, os aracajuanos podem esperar em 2019?
EN – A essência é priorizar os artistas sergipanos e mesclar com bandas nacionais, para dar volume e grandiosidade à festa. Mas, para o próximo ano, quero incorporar mais uma ideia, que já adianto, que é trazer também o Folclore sergipano para se integrar ao Forró Caju, além da possibilidade de inserir palcos alternativos, onde outros ritmos possam dialogar com o forró.
AAN – Um dos principais pontos do sucesso do Forró Caju foi a segurança. Que avaliação o senhor faz deste trabalho?
EN – A festa só é de alegria e felicidade se as pessoas se sentirem seguras. Elas precisam se sentir tranquilas para aproveitarem a festa. O nosso trabalho deu certo porque foi feito em conjunto, com a Guarda Municipal, a Polícia Militar, a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros, que, de maneira integrada, garantiram a segurança das pessoas. Tivemos o ônibus da Guarda, uma inovação, que assegurou o monitoramento de toda a área da festa. Eu defendi ainda na campanha eleitoral que a prefeitura e Guarda Municipal deveriam ter mais protagonismo nas questões de segurança. E é isso que estamos colocando em prática.
Foto Marco Vieira