04/07/18 - 09:54:42

Conselho Municipal de Turismo realiza primeira assembleia com seus membros

Após a sanção do prefeito Edvaldo Nogueira da lei que recria o Conselho Municipal do Turismo (Comtur), na manhã desta terça-feira, 3, o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Jorge Santana, presidiu a primeira assembleia do colegiado empossando os seus 24 membros, sendo 50% representantes de órgãos ou entidades governamentais e 50% não governamentais, garantindo equilíbrio e pluralidade em sua composição.

O órgão integra a estrutura organizacional da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict) e tem como objetivo a promoção e desenvolvimento do turismo no município. Dentre algumas de suas competências estão a realização de levantamentos e diagnósticos turísticos, análise de projetos e a constituição de um fundo especial destinado ao desenvolvimento sustentável do turismo.

Pauta do encontro

Como primeiro ponto de pauta, Jorge Santana apresentou aos membros do colegiado as principais ações desenvolvidas pela gestão municipal na área do turismo desde 2017, destacando a campanha “Venha Sentir Aracaju” com uma série de produtos como a marca do destino turístico, vídeo institucional, site e perfis nas redes sociais. Também falou sobre o folder contendo os principais atrativos da cidade, já distribuído para entidades do trade turístico. Por fim, elencou ações previstas para acontecer durante o segundo semestre deste ano.

Em seguida, a analista do Sebrae/SE, Bianca Faria, fez a apresentação do programa “Lidera Turismo”, que tem como objetivo “contribuir para a criação de uma agenda integrada do turismo nos municípios, com bases sustentáveis e estimulando ações estratégicas de desenvolvimento local e regional”.

Após as apresentações, a palavra foi franqueada para que os conselheiros fizessem suas considerações. Um momento com importantes intervenções. O presidente do Aracaju Convention & Visitors Bureau, Luiz Simões, considerou importante um calendário permanente de reuniões para debater os temas do turismo. Já o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem, seccional Sergipe (Abav/SE), João Ávila, sugeriu que o Conselho discuta a economia do turismo, porque “não adianta ter atrativos na cidade, por melhores que sejam, se o empresário não perceber que ele dá lucro para que possa investir”, afirmou.

O professor de Turismo, Joab Almeida, membro suplente representando a Universidade Federal de Sergipe, levantou a ausência de dados para a produção de diagnósticos sobre o turismo. “Nós temos referências de planejamento, mas essa base deveria estar muito próxima de dados que nós não temos, talvez esse seja o nosso principal problema”, avaliou.

Em sua participação, o presidente da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), Cássio Murilo, considerou importante que o Comtur esteja sob a competência da Semict e elogiou a preocupação da gestão municipal na valorização da identidade cultural.  “É uma coisa que o prefeito Edvaldo Nogueira vem batendo muito, essa questão da nossa identidade cultural, e a Funcaju está aqui neste Conselho para colaborar na ideia de entender o que nos torna específicos, o que é que o turista vem procurar aqui, o que nos faz diferentes para os turistas do ponto de vista cultural”, refletiu.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de Sergipe (Sindetur/SE), Adailton Vilela de Almeida, a volta do Comtur sinaliza para a efetividade no planejamento do turismo. “Muito importante a volta deste fórum de debate, oportunizando que os vários segmentos aqui representados possam discutir e perenizar ações decididas no colegiado, independente da mudança de governos ou mesmo de gestores”, defendeu.

Próxima assembleia

Para o próximo encontro, previsto para acontecer em setembro, Jorge Santana encaminhou duas propostas de pauta: eleição do vice-presidente do Conselho, que por disposição legal será eleito entre os membros das entidades não governamentais; e a discussão e aprovação do Regimento Interno do Conselho, cuja minuta será formulada pela Semict e aberta para a recepção de contribuições de todos os membros, sugestões integralmente aceitas pelos membros.

Jorge considerou uma reunião produtiva que começa a caracterizar o órgão como um “ambiente colaborativo, vivo e atuante” em sintonia com vários órgãos da gestão municipal para encaminhamentos de agendas voltadas para o turismo. “Importante que todos percebam o cuidado na composição do Conselho com empresas e órgãos da administração municipal que dialogam diretamente com demandas do setor turístico”.

Participou também do encontro, como convidado especial, o comandante da Capitania dos Portos de Sergipe, o Capitão de Fragata Alessandro Black, que tem estabelecido parcerias com a Semict em questões envolvendo o transporte fluvial e turismo náutico no estuário do Rio Vaza-Barris, na região do Mosqueiro.

Foto: Alê Alcântara