10/07/18 - 06:30:25

ENDAGRO APROVA ACORDO COLETIVO DOS TRABALHADORES

O Conselho de Administração da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) esteve reunido na sede da empresa para avaliar e aprovar a reforma do estatuto e o acordo coletivo dos funcionários da Emdagro. Com a aprovação, os servidores conseguiram incorporar ganhos ao salário base.

O presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, fez uma apresentação das negociações estabelecidas com o Sindicato dos Trabalhadores da Extensão Rural (Sinter-Se), Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Seplag), Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca, destacando os avanços com a categoria até culminar no presente acordo coletivo.

“Há mais 28 anos que o plano de Cargos, Salários e Vencimentos (PCCV) dos funcionários da Emdagro vem precisando ser revisto e, justamente no dia de hoje, o Conselho de Administração da empresa o aprovou por unanimidade o Acordo Coletivo 2018/2019, o qual prevê a reestruturação do PCCV. Essa foi uma vitória dos funcionários que tiveram suas parcelas (rubricas) incorporadas ao salário base, garantindo assim maior segurança evitando perdas em seus vencimentos”, destacou Jefferson.

Na avaliação do presidente do Sinter-Se, Paulo Alves, a aprovação do acordo atende aos anseios da categoria. “Nós tivemos um avanço que é a incorporação de rubricas ao salário base, que dá aos trabalhadores maior segurança, uma vez que elas não mais serão retiradas. Esse foi um somatório de esforços entre o governo do Estado, o sindicato e a diretoria da Emdagro”.

Paulo ainda reforçou que, além da incorporação das rubricas, foi possível adicionar ao acordo coletivo mais dez cláusulas que beneficiam diretamente o trabalhador. “Conseguimos, também, a inclusão de mais dez propostas que foram enviadas em março deste ano à diretoria da empresa”.

Para a Secretária de Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca, Rose Rodrigues, que também é a presidente do Conselho de Administração da Emdagro, os avanços foram muitos. “Foi uma reunião histórica do Conselho, na qual pudemos aprovar uma proposta antiga dos trabalhadores da empresa, proposta essa que de um tempo para cá vem sendo construída junto ao governo do Estado “, frisou.

Após a assinatura do acordo coletivo, os representantes do Sindicato encaminharam e protocolaram o documento junto ao Ministério do Trabalho e Emprego a fim de que seja homologado e passem a surtir seus efeitos legais.

Fonte e foto: Ascom/Emdagro