23/07/18 - 08:13:28

Nanicos daqui e de lá

Embora com poucas chances de chegarem ao pódio, vários partidos nanicos terão candidatos majoritários. Estão de olho no governo de Sergipe legendas pequenas como PMN, PSOL, PSL, PSTU e Rede. No Brasil, vão disputar a presidência da República nomes pouco conhecidos do povão, a exemplo de João Amoêdo (Novo), Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU), Manuela D’Ávila (PCdoB), Paulo Rabello de Castro (PSC) e João Goulart Filho (PPL). Representando partidos nanicos, também participarão do próximo pleito velhos conhecidos, como Levy Fidelix (PRTB) e José Maria Eymael (Democracia Cristã). Embora com pouco tempo no horário da propaganda eleitoral, todos vão expor suas propostas e atacar as ideias dos candidatos tidos como favoritos. Além disso, os nanicos serão uma opção para os eleitores insatisfeitos, que não querem anular os votos, mas se recusam em votar nos candidatos dos chamados grandes partidos. O nome disso é democracia.

Tudo acertado

Os governistas já dão como certa a participação da petista Eliane Aquino na chapa encabeçada pelo governador Belivaldo Chagas (PSD). Os dois tiveram uma conversa no último sábado e devem bater o martelo esta semana. Falta apenas Eliane comunicar oficialmente ao PT o seu desejo de disputar a vice-governadoria na chapa do Galeguinho. Marminino!

Chapa quase pronta

Após ter desistido de ser candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Valadares Filho (PSB), o médico Emerson Ferreira vai ser oficializado como o candidato a governador da Rede. Será no próximo domingo, durante a convenção do partido, marcada para o plenário da Assembleia Legislativa. O delegado de polícia Alessandro Vieira representará a legenda na disputa para o Senado. A Rede ainda não definiu o candidato à vice-governador.

Na terrinha

Quem está em Aracaju é a presidenciável Manuela D’Ávila (PCdoB). Após conceder entrevista coletiva, ela se reúne com os movimentos sociais. Na agenda da moça também constam reuniões com os prefeitos comunistas Edvaldo Nogueira, de Aracaju, e padre Inaldo, de Socorro. No começo da noite, Manu participa na Assembleia Legislativa de um debate sobre seu programa de governo. Prestigie!

Lembre-se deles

Apesar de o Tribunal Superior Eleitoral ter extinto os processos de cassação de sete deputados sergipanos, eles continuam inelegíveis, pois não foram inocentados. Pelo menos é assim que pensa a procuradora regional eleitoral, Eunice Dantas. Foram cassados, sob a acusação de terem usado indevidamente as verbas de subvenção da Assembleia, os deputados federais João Daniel (PT) e Adelson Barreto (PTB), além dos estaduais Venâncio Fonseca (PSC), Augusto Bezerra (PHS), Capitão Samuel (PSL), Gustinho Ribeiro (SD) e Zezinho Guimarães (MDB). Lembre-se deles na hora de votar!

Intolerância

O volume de denúncias contra a intolerância religiosa cresceu 626% no ano passado, ante 2016. Também aumentou o número de queixas sobre atos violentos contra comunidades ciganas, quilombolas, indígenas e os professantes das religiões e cultos de matriz africana. Há indicativo que algumas igrejas neopentecostais estão pregando o ódio, inclusive na internet. Homem, vôte!

Corno manso

O ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (PTC), é o que se pode chamar de corno manso e barulhento. Embora a ex-esposa Silvani Manlak (PTC) negue a traição conjugal, Sukita chora pelos cantos, faz propaganda do virtual par de chifres e ameaça botar a prefeita Silvani pra correr de Capela. Misericórdia!

Direito de resposta

O direito de resposta está assegurado aos candidatos, ao partido ou à coligação atingidos por imagem ou afirmação caluniosa, difamatória ou inverídica difundidos pelos veículos de comunicação. Esse tipo de ação deve ser julgada em 72 horas a partir do momento em que for protocolada. Melhor assim!

Aposta no futuro

Antes mesmo de oficializar a candidatura ao governo de Sergipe, o senador Eduardo Amorim (PSDB) já definiu qual público será agraciado na administração tucana: “Governarei para o pequeno empresário, empreendedor, trabalhador, para o pai e mãe de família”. Segundo ele, os sergipanos com mais dinheiro não têm problemas. Por isso mesmo serão convidados por ele para investirem no estado. Então, tá!

Pires nas mãos

Uma péssima notícia para quem sonha em governar Sergipe: No próximo ano, o Produto Interno Bruto do estado ainda estará 7,8% abaixo do nível verificado antes da crise que varreu o Brasil. Publicada pelo jornal Valor Econômico, a sombria previsão é dos economistas Adriano Pitoli e Camila Saito, da Tendências Consultoria Integrada. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Gavião, em 19 de janeiro de 1930.

Resumo dos Jornais