24/07/18 - 13:08:08

LAÉRCIO DISCUTE SOLUÇÕES PARA PERDAS NA PRODUÇÃO MILHO

O deputado Laércio Oliveira participou de reunião organizada pela Federação da Agricultura do Estado de Sergipe (Faese) com os produtores de milho da Sealba (Sergipe, Alagoas e Bahia), realizada nessa segunda-feira, dia 23, na MSobral, em Itabaiana.

A reunião teve como objetivo discutir sobre as perdas decorrentes da estiagem na região com a participação dos representantes dos bancos do Brasil, da Caixa Econômica e do Nordeste, de prefeitos, secretários, deputados federal e estadual, Codevasf, além dos produtores de milho e leite.

O setor produtivo se reuniu para pedir ajuda, mostrar as perdas e prejuízos futuros, além de ver como será a negociação de dívidas junto aos bancos, já que tem vários produtores com a perda de boa parte da safra de milho e consequentemente a produção de leite em várias regiões do estado. Representantes dos bancos disseram, durante a reunião, que cada caso será analisado separadamente. Os produtores serão orientados como proceder para não perder o direito ao PROAGRO, como agilizar as vistorias para liberação de ensilagem e como renegociar seus débitos.

“O que eu puder fazer para ajudá-los, não medirei esforços. Em Brasília, vou ver o que pode ser feito por meio de uma resolução. Em 2016 foi feita a resolução 4532 em que o Banco Central do Brasil autoriza a renegociação de operações de crédito rural de custeio e de investimento destinadas à cultura do milho, contratadas por produtores que tiveram prejuízos em decorrência de seca ou estiagem em municípios do estado de Sergipe e da mesorregião do nordeste da Bahia. O que ajudou o setor”, explicou o deputado Laércio.

O parlamentar enfatizou que a presença dos representantes das instituições bancárias, durante a reunião, foi importante para que cada um pudesse passar a realidade do que é possível fazer para ajudar aos agricultores. “Esse problema da estiagem e os prejuízos não afetam somente os produtores de milho, afetam também os pecuaristas, já que a estiagem está relacionada diretamente com a produção de leite em nosso estado”, concluiu Laércio.

De acordo com o produtor Martinho Bravo, o prejuízo na produtividade do milho pelo efeito da estiagem em Sergipe gera um déficit de milhões na economia do Estado afetando também a bacia leiteira.

Foto assessoria

Por Elenildes Mesquita