25/07/18 - 05:18:02

RESULTADOS DE ESTUDOS SOBRE LIVRO E BALANÇOS CONTÁBEIS

Cuidadosa no registro dos livros e dos balanços de empresas – importantes instrumentos contábeis em licitações públicas -, a Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) se reuniu, nesta terça-feira, 24, com o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Sergipe (CRCSE) para discutir os resultados da comissão de estudos, formada por representantes das duas entidades, que analisaram profundamente a temática.

Desde o ano passado, a Jucese, em parceria com o CRCSE, vem dando uma atenção especial aos livros e aos balanços, no sentido de normatizar o arquivamento e a autenticação das respectivas peças contábeis na Junta Comercial. Prova disso foi o lançamento da Resolução Plenária Nº 7/2017 da Jucese, que dispõe sobre a forma de apresentação e de análise de balanços na autarquia.

“Após começarmos a ser mais criteriosos ao analisar os balanços, com o objetivo de proteger a sociedade de possíveis fraudes, ouvimos muitas críticas dos profissionais da Contabilidade, bem como parabéns de tantos outros, dizendo que nunca viu sua profissão ser tão valorizada. Evidentemente que não agradamos a todos, contudo, fazemos tudo isso visando à melhoria do ambiente de negócios em Sergipe”, informou o presidente da Jucese, George da Trindade Gois.

E buscando, justamente, aperfeiçoar ainda mais a análise de balanços, a sua forma de arquivamento, e a autenticação de livros, a Jucese instituiu, neste ano, uma comissão de estudos composta por membros da Junta Comercial (secretário-geral Marcelo Passos; os vogais Alex Garcez, representante da Fecomércio; Adenísia Vasconcelos, representante do Conselho Regional de Economia; Salete Leite, do CRCSE; e Diego da Costa, do Conselho Regional de Administração), e de membros do Conselho de Contabilidade (conselheiros Cleaylton Medeiros, vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina da entidade; e Paulo Alberto Amado).

APRECIAÇÃO DO CFC

“Com a conclusão do relatório de estudos, que se transformará em uma nova Resolução Plenária da Jucese, e será enviado ao Drei (Departamento de Registro Empresarial e Integração) como sugestão para se transformar também em Instrução Normativa da entidade, fizemos questão de marcar essa reunião com os membros da comissão e com o presidente do CRC (Vanderson Mélo), para juntos avaliarmos alguns pontos que ainda precisam ser melhorados”, explicou George Trindade.

De acordo com o presidente da Jucese, após a finalização efetiva dos trabalhos da comissão, o relatório de estudos será apreciado pelo Colégio de Vogais da Junta Comercial e, uma vez aprovado, será repassado ao CRCSE, que submeterá ao Conselho Federal de Contabilidade (CFC) para emitir um parecer.

“A classe contábil fica lisonjeada pelo tratamento que a Junta Comercial, o George dá a este tema. Para nós, será uma imensa alegria participarmos de uma Resolução Plenária da Jucese que, com certeza, terá uma repercussão grande no CFC (Conselho Federal de Contabilidade) e no Drei”, disse Vanderson Mélo.

Por Tatianne Melo

Foto assessoria