26/07/18 - 11:01:35

SANCIONADA LEI QUE ALTERA NOME DA HERÁCLITO ROLLEMBERG

“Um sonho na cabeça e uma pasta debaixo do braço”. Foi desta maneira que a primeira-dama de Aracaju Danusa Silva relembrou a trajetória de seu pai, o empresário José Carlos Silva, que passará a dar nome à antiga avenida Heráclito Rollemberg. A homenagem foi uma proposição do presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Josenito Vitale, e tornou-se a Lei 5.062/18 na manhã desta quarta-feira, 25, sancionada pelo prefeito Edvaldo Nogueira.

Seguindo a famosa frase de Salústio “Todo homem é arquiteto do seu próprio destino”, José Carlos Silva abandonou um cargo público estável em Pernambuco para recomeçar a vida na capital sergipana. Com um objetivo claro e trabalho árduo, fundou a construtora Cosil, responsável por inúmeros empreendimentos que moldaram a face de Aracaju.

Reconhecer a memória daqueles que contribuíram para o crescimento de Aracaju é uma forma de proporcionar exemplos para as futuras gerações, na esperança que o progresso esteja sempre atrelado ao humanismo e à ética. “É uma justa homenagem, por que José Carlos Silva tem um papel muito importante no desenvolvimento da cidade. Ele, junto com outros construtores, transformou uma província em metrópole. Além disso, marcou época por sua ética, dando exemplo que é possível vencer vindo de baixo. Então, eu fico muito feliz com esse ato, pois o nome dele estará perpetuado no nome desta importante avenida”, avalia o prefeito Edvaldo Nogueira.

Seu espírito empreendedor o fez entender a necessidade de diversificar seus negócios. “Ele costuma brincar que seu nome era ‘Trabalho’ e seu sobrenome ‘Extra’. Sua perspicácia para os negócios o fez entrar na área hoteleira, com o hotel Del Mar, e nas comunicações, com a 103 FM. Sempre foi um grande exemplo de honestidade, responsabilidade e dedicação”, explicou a primeira-dama.

Na seara pessoal, junto com sua esposa Maria de Fátima Meneses, passou valores importantíssimos para seus cinco filhos Carlos José, Danusa, Jéssica, Ilana e Samara. “Meu pai foi um homem amoroso e exigente, que deixou como lição que a melhor herança é a educação e que o amor ao trabalho é imprescindível para alcançar o sucesso”, relembrou Danusa.

A homenagem póstuma foi possível por conta do Projeto de Lei 280/17, que foi proposto pelo presidente da CMA Josenito Vitale e aprovado pelos parlamentares. “José Carlos Silva foi um dos homens que ajudaram a construir nossa história. Ele contribuiu muito com a economia da cidade. Nós tivemos a honra de homenageá-lo, pois ele é um grande exemplo de pessoa que venceu as dificuldades para construir seu legado”, explica o autor da iniciativa.

AAN

Foto Marco Vieira