27/07/18 - 06:29:42

AMO POSSIBILITA A APOSENTADA REALIZAR E CONCLUIR TRATAMENTO

“Só quem passa pela provação do câncer, consegue entender o que estou sentindo. Estou muito feliz e aliviada! Hoje, meu coração é só alegria. Nenhuma tristeza nem angústia passa mais pela minha cabeça. Quero o abraço de todos que me ajudaram a vencer essa batalha. Sou só gratidão”, expressou a aposentada Ivanete Francisca dos Santos, de 60 anos, no início deste mês, ao tocar o Sino da Esperança, na sala de recepção da Clínica de Radioterapia e Imagem de Sergipe – a Clinradi.

Assistida pela Associação dos Amigos da Oncologia – AMO e beneficiada pelo Projeto Navegação de Pacientes desde fevereiro, Ivanete demorou a concluir o seu tratamento e a demonstrar toda sua gratidão e alívio, já que teve que aguardar quase um semestre na fila de espera da central de regulação da saúde para ter acesso à radioterapia, quando a orientação médica era a de iniciar esse tratamento no prazo limite de até seis meses após a cirurgia de retirada da mama, feita no final de 2017.

Essa angústia e triste realidade da paciente só começou a mudar e seguir o rumo certo quando Ivanete Francisca passou a ser navegada pelo Projeto Navegação de Pacientes e relatou seus problemas a uma de nossas navegadoras clínicas que imediatamente identificou a sua principal barreira entre tantas outras – a barreira mais concreta e urgente – na luta contra o câncer: o acesso em tempo hábil ao recurso terapêutico convencional, a radioterapia.

“Na última consulta ao SIGAU (o complexo regulatório da saúde no estado de Sergipe), em meados de maio, a posição de Ivanete na fila de espera era 157. Não poderíamos deixá-la à deriva, sem fazer algo por ela e ultrapassar o prazo limite de seis meses da recomendação médica para iniciar a radioterapia sob o risco do tratamento não surtir mais efeitos”, reforçou Nívia Oliveira, assistente social e navegadora clínica do projeto, ao celebrar essa vitória da paciente.

DEFESA E GARANTIA DE DIREITO FUNDAMENTAL

Ao direcionar a paciente à assistência jurídica voluntária pelo escritório de advocacia Silveira & Silveira – representado pelo advogado Roberto Silveira e parceiro do projeto, a juíza estadual Hercilia Maria Fonseca Lima Brito, da 12ª Vara Cível de Aracaju, avaliou o pedido manifestado pelo advogado e determinou, em 15 de maio, a Antecipação de Tutela Específica ao Estado de Sergipe, nos autos da Ação de Obrigação de Fazer, a urgência no fornecimento de tratamento de radioterapia.

Com o parecer técnico do NAT/JUD (o Núcleo de Assessoramento Técnico ao Judiciário), a magistrada deferiu a tutela antecipada, embasando-se no artigo 200 do Código de Processo Civil, no artigo 196 da Constituição Federal e nos artigos 2º e 7º da lei nº 8.080/1990, entendendo assim comprovada “a imperiosa necessidade da realização do procedimento, em razão da autora apresentar quadro de mastectomia, necessitando do tratamento de radioterapia com urgência, devido ao risco de vida”.

Para entender melhor a decisão, acesse: https://goo.gl/8yzBhd

SOBRE A PACIENTE

Ivanete Francisca dos Santos, de 60 anos, é agente administrativa aposentada, casada, mãe e moradora do bairro Marcos Freire 2, no município de Nossa Senhora do Socorro – região da Grande Aracaju, em Sergipe. No início de 2017, recebeu o diagnóstico de câncer de mama, um carcinoma ductal invasivo, e se submeteu a um tratamento neoadjuvante (quimioterapia e cirurgia) no Hospital de Urgência de Sergipe – HUSE, com seis meses de quimioterapia e mastectomia feita em 13 de dezembro de 2017, restando realizar a radioterapia para concluir o seu tratamento.

O PROJETO

Navegação de Pacientes é um projeto que propõe fornecer auxílio gratuito a pacientes com câncer usuários do Sistema Único de Saúde durante todo o processo da doença, desde o diagnóstico e ao longo do tratamento, buscando reduzir as inúmeras barreiras impostas cotidianamente aos pacientes e familiares em situação social vulnerável.

Com o apoio financeiro da Roche e a parceria voluntária de empresas como o escritório de advocacia Silveira & Silveira, a Associação dos Amigos da Oncologia – AMO vem desenvolvendo, de forma inédita e pioneira em Aracaju, um modelo de entrega de serviços de saúde focado no paciente com câncer.

*A divulgação de informações e de imagens da paciente na Clínica, sem simulação de sessão de radioterapia, foram autorizadas previamente e feitas com toda segurança e cuidado.

Foto assessoria

Por Jeimy Remir