02/08/18 - 17:04:51

Sem acordo com o governo, 400 PMs podem ir para reserva imediatamente

O jornalista Habacuque Vilacorte divulgou nesta quinta-feira (02) uma informação deixou centenas de militares preocupados. Segundo Habacuque “cerca de 400 Policiais e Bombeiros Militares mais uma vez ficaram desapontados e estão desacreditados com o Governo do Estado, ao acessarem seus contracheques de julho/2018 perceberam que mais uma vez foram enganados e não receberão o pagamento do esperado abono de permanência, cuja Lei Complementar nº 298, de 20/12/2017, foi aprovada pela Assembleia Legislativa e Sancionada pelo Governo do Estado”.

A lei do Abono de Permanência foi criada para que os Policiais e Bombeiros Militares, como todos os demais servidores públicos que já preenchessem os requisitos para se aposentarem, optassem em permanecer no serviço ativo mediante o pagamento do benefício, trazendo melhora no efetivo das corporações e reduzindo o déficit previdenciário.

Por conta disso, centenas de Policiais e Bombeiros Militares de todos os níveis, desde janeiro/2018 que optaram em permanecer trabalhando, tendo seus Processos de pagamento feitos pelos Comandos da PM e dos Bombeiros e encaminhados para a SEPLAG. Entretanto, após sete meses (janeiro a julho), eles não receberam por nenhum mês trabalhado.

Insatisfeitos com o que poderá ocorrer, os militares estão dando entrada em suas aposentadorias e recorrendo na Justiça para receberem os sete meses que trabalharam.

Com informações da coluna Politizando