03/08/18 - 05:35:27

PSTU realiza convenção estadual para oficializar candidaturas de Gilvani e Djenal

PSTU realiza convenção estadual para oficializar candidaturas de Gilvani e Djenal ao governo de Sergipe

Após oficializar a candidatura da operária sergipana, Vera, para presidente, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado realiza nesta sexta-feira, dia 03 de agosto, sua Convenção Estadual. A convenção deve ratificar o nome de Gilvani Alves, a única pre-candidata mulher ao governo de Sergipe, e de Djenal Prado à vice. O evento acontecerá às 18h, na sede do PSTU em Aracaju, Tv. Santo Antônio, 226 – Centro.

Gilvani tem 52 anos, é petroleira e dirigente do sindicato da categoria (Sindipetro AL/SE). Trabalha no campo terrestre de Carmópolis, é muito respeitada na categoria pela luta contra a privatização e desmonte da Petrobras, em defesa dos empregos e direitos dos trabalhadores e também em defesa dos direitos das mulheres trabalhadoras.

Djenal tem 57 anos, é morador do município de Laranjeiras, onde é reconhecido por quase três décadas de ativismo político e sindical. No último período ele também teve uma atuação importante em Sergipe junto aos movimentos em defesa de emprego, pelo direito à moradia digna e no recente apoio a greve dos caminhoneiros.

O PSTU apresenta ainda o petroleiro Clarckson Nascimento como pré-candidato ao senado. Tem 61 anos e uma importante atuação no movimento sindical em Sergipe, através do Sindipetro AL/SE, e nacionalmente na coordenação da CSP-Conlutas (Central Sindical e Popular). O partido também vai oficializar as candidaturas da operadora de telemarketing, Leidiane Lima, e do operário Jário Menezes.

“Nossas candidaturas são de maioria negra e operária. É com essa chapa que nosso partido convoca a nossa classe a se organizar nos bairros e locais de trabalho, para que nós, trabalhadoras e trabalhadores, façamos uma rebelião e tomemos o poder em nossas mãos. Chega dessa ditadura mascarada de democracia. Para colocar todos os corruptos e corruptores na cadeia, confiscar os bens deles e acabar com o caos que estão impondo às nossas vidas, como desemprego, miséria e violência, Sergipe e o Brasil precisa de uma revolução socialista”, afirma Gilvani.

Da assessoria