13/08/18 - 15:19:24

Números da violência no Brasil serão discutidos em audiência pública

Por iniciativa de João Daniel, números da violência no Brasil serão discutidos em audiência pública

Fruto de requerimento apresentado pelo deputado federal João Lula Daniel (PT/SE), a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara Federal realiza, nesta terça-feira, dia 14, uma audiência pública para debater sobre as ações de violência no Brasil, registrados no Atlas de Violência 2018. Os números divulgados em junho deste ano pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostram que, pela primeira vez em sua história, o Brasil ultrapassou o patamar de 60 mil homicídios em um ano.

Ainda de acordo com o Atlas, na última década, as mortes violentas no Brasil atingem com mais frequência os jovens, os negros e as mulheres. Jovens com idade entre 15 e 29 anos são a grande maioria dessas vítimas em todo país: 53,7%. Ou seja, 33.590 mortos. Desse total, 94,6% são homens. Os resultados também revelam que entre os dez estados onde a violência mais cresceu, nove são das regiões Norte e Nordeste. “O Atlas mostra que a violência letal intencional no Brasil cresce contra pretos e pardos e diminui contra não negros. A partir da discussão em cima desses índices, queremos entender o aumento da violência no Brasil, e dessa violência seletiva”, justifica João Daniel.

O debate acontece às 14h, no anexo II, do plenário 09, na Câmara. Além de João Daniel, já estão confirmadas as presenças de Maria de Fátima Marinho de Souza, Diretora do Departamento de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde (DANTPS), da Secretaria de Vigilância e Saúde, do Ministério da Saúde; Maria Taíres dos Santos, representante do Juventude Quilombola; e Gerffeson Santos Santana, representante do Movimento Hip Hop.

Também foram convidados Gustavo do Vale Rocha, ministro de Estado dos Direitos Humanos; o Ernesto Lozardo, presidente do Ipea; Daniel Ricardo de Castro Cerqueira, coordenador de Justiça e Segurança do Ipea; o Renato Sérgio de Lim, diretor presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública; a Lizandra Dawanny Santos, presidenta da União Sergipana dos Estudantes Secundaristas (Uses); a Jessy Dayanne Silva Santos, vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE); e representante da Defensoria Pública da União.

Foto assessoria

Por Edjane Oliveira