13/08/18 - 07:59:53

Sistema de monitoramento nas viaturas da GMA reforça o uso da tecnologia para a segurança

Desde o início de agosto, cada uma das 18 viaturas da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) passou a contar com um tablet conectado às câmeras de todos os órgãos municipais, a exemplo das unidades de saúde da capital. O sistema, que se comunica com a Central de Monitoramento da GMA, veio para integrar as medidas de segurança adotadas pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), e tem como objetivo principal, além de prevenir, garantir maior agilidade no tempo-resposta no atendimento às ocorrências por toda a cidade.

Recentemente, Aracaju entrou numa estatística preocupante que a colocou como a segunda capital mais violenta do país. Mesmo que a Constituição Federal aponte que segurança pública seja um dever do Estado, a Prefeitura de Aracaju entende que, somente com a somação de esforços, é possível alcançar o desenvolvimento, em qualquer um dos âmbitos da política pública. Por isso, a aquisição dos tablets passou a integrar as ações efetivas nos moldes do Planejamento Estratégico da gestão que, com o foco na construção de uma cidade humana, criativa e inteligente, se utiliza também dos meios tecnológicos para levar mais segurança à população e, consequentemente, vislumbra a retomada na qualidade de vida dos moradores.

“Essa é uma implementação da cidade inteligente da proposta de campanha do prefeito Edvaldo Nogueira e vem somar de forma fundamental porque, a partir de agora, dentro da viatura, o guardião vai acompanhar todos os órgãos municipais que têm instalado o monitoramento eletrônico. Todas as imagens estarão disponíveis. Esse tablet é dotado de GPS, então, dentro da Central, temos a localização de todas as viaturas, de modo que, em caso de necessidade, a mais próxima será imediatamente despachada com apoio de motocicletas, se for o caso”, destacou o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.

Pelo tablet, os guardiões têm acesso ao sistema onde aparecem imagens das câmeras de monitoramento. Além disso, há uma lista de todos os órgãos que possuem câmeras e, caso desejem, os guardiões podem, com apenas um clique, selecionar o local e verificar as imagens específicas. “Nós recebemos as imagens na Central e cada viatura no seu tablet pode visualizar também as imagens. O sistema acusa uma invasão e seleciona a câmera. A partir daí, a sequência de imagens é selecionada e a GMA vai para o atendimento”, explicou o secretário.

Já no primeiro dia de efetivação do sistema nas viaturas, três tentativas criminosas foram frustradas. “Ainda não podemos precisar o quanto reduziremos no tempo reposta das ocorrências, mas, para se ter uma ideia, como é acionada a viatura que está mais perto do local e o GPS informa qual a rota mais rápida, já tivemos situações da GMA chegar em dois minutos no local, então, sem dúvida, é uma ferramenta que vai nos ajudar ainda mais na rotina diária. Essa foi uma iniciativa muito importante na qual os guardas serão auxiliados no trabalho e também na própria segurança. O sistema é muito simples, com funções práticas. O manuseio é muito fácil, então, só podemos destacar pontos positivos”, afirmou o diretor-geral da GMA, o subinspetor Fernando Mendonça.

Tecnologia a serviço da população

O sistema inserido nas viaturas é parte de um conjunto de ações do projeto ‘Aracaju Segura’, este que é o quarto item do Planejamento Estratégico da gestão que envolve ainda a qualificação de servidores, mobilização de comunidades, entre outros pontos para integrar os serviços voltados para a segurança da população da capital.

No uso da tecnologia na atuação da GMA, outra importante braço de apoio nos trabalhos foi a chegada da Base Comunitária de Videomonitoramento (BCVM), um ônibus totalmente equipado que, assim como o sistema dos tablets, atua de forma integrada com a Central da GMA. O ônibus conta com nove telas para monitoramento, sala de reunião, além de um gerador elétrico que poderá ser acionado manualmente para evitar falhas no acionamento automático. Primeiro ônibus de monitoramento do país a ser liberado pela Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp), a base trabalha com o auxílio de equipamentos que captam todos os detalhes das áreas e acompanha a rotina dos bairros de Aracaju para auxiliar na segurança e na definição de políticas públicas para a capital.

“Fomos o primeiro município a ter a liberação dessa base e que vai nos servir sobremaneira. Apoiando a Polícia Militar, essas imagens serão integradas, em breve, ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para que a gente receba imagens deles e eles as nossas. A única forma de a gente combater uma criminalidade que, infelizmente, vemos que tem avançado em nosso país, é com inteligência, tecnologia e somação de esforços. É essa a determinação do prefeito para que a Semdec se alie à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) para trabalharmos juntos, trocarmos informações e, desta forma, possamos dar uma melhor qualidade de vida ao povo de Aracaju”, frisou o secretário Luís Fernando Almeida.

Valorização

Um dos aspectos que mais influencia na qualidade de vida de uma população é a segurança, no entanto, cuidar de quem atua para garantir a proteção das pessoas é um dos principais itens para que a seguridade possa ser ofertada de maneira efetiva. Neste sentido, a Prefeitura de Aracaju tem procurado valorizar os guardiões.

O primeiro grande investimento foi recuperar a autoestima desses servidores. “Tínhamos promoções atrasadas, problemas que mexiam no bolso, e o prefeito fez o decreto regularizando essas promoções. Isso mexe com a vontade de trabalhar. É claro que o trabalho não é só o dinheiro, mas, tendo suas contas bem, você consegue trabalhar melhor. Aliado a isso, tem o pagamento em dia. Então, isso acaba refletindo no serviço prestado”, ressaltou o secretário da Defesa Social e Cidadania.

Um segundo item é a busca por soluções criativas. Neste ponto, pode-se destacar a própria concessão dos equipamentos de videomonitoramento que facilita a atuação dos guardas.

Outro ponto diz respeito aos planos de trabalho, como a atuação nos terminais de ônibus que, comprovadamente, tem surtido efeito na redução dos números negativos da criminalidade nesses locais. “Ainda realizaremos outras operações que estão sendo planejadas porque precisamos evoluir a cada dia. Nossa Guarda é uma das melhores do Brasil, mesmo com um efetivo pequeno. Ela tem uma capacidade de trabalho muito grande. O diretor-geral é uma pessoa que se dedica integralmente a esse trabalho e faz a diferença pela sua capacidade, pela sua inteligência, pela sua vontade de fazer. Então, esse conjunto de fatores, aliado ao comprometimento da gestão, pode ejá está transformando a Guarda de Aracaju que saiu do papel coadjuvante e tem ganhado cada dia mais destaque na contribuição para a segurança pública”, completou Luís Fernando Almeida.

Foto Ana Lícia Menezes