16/08/18 - 12:50:14

Com 74 anos, Zefa da Guia é sinônimo de força e muita fé

Ela não consome remédios feitos na farmácia, todos os remédios de que necessita é feito dentro do seu lar, no velho e tradicional fogão à lenha. Suas ervas medicinais são cura para todos os males do corpo. Simpática, conta que  enfrenta a gripe tomando muito melado – caldo de erva que colhe na horta. Quem é essa mulher, mãe  biológica de três filhos, 18 de criação, e que  já botou no mundo mais de 5 mil crianças no mundo, filhos de mães do sertão de Sergipe, e dos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco? Ela é conhecida pelo Brasil e pelo mundo por “Zefa da Guia”, a parteira e rezadeira do Sertão.

Zefa da Guia na Casa Legislativa

“Eu nunca tomei esse troço, não. Eu tomo mesmo é minhas ervas, faço meu próprio mexido de chá, meu melaço, e fico curada dessa gripe. Nada de vacina, não”, disse  Zefa da Guia em um momento de prosa, junto a suas amigas de quilombo, enquanto aguardava a entrega do título de Cidadão Sergipano ao superintendente do Incra,  Leonardo Gois Silva. Para a dona Zefa, que tem sua história cravada por lutas da sua região,  a sua real felicidade é poder acordar todos os dias e continuar a sua luta.

“Eu ajudo a todos que me procuram, pois quero ver todos bem. Quero ver nos todos com suas casas, em suas terras e  sarados de suas dores. Rezo por todos, faço remédios, ponho filhos no mundo e até hoje mesmo, já deixei um filho nascido. Só lamento ainda pela falta do trabalho, pois é o que mais nos falta no nosso quilombo. Vim hoje aqui nesta festa pois tenho muito apreço por Leonardo. Ele tem nos ajudado a registrar nossas terras. O quilombo tem decreto, tem tudo. Só falta a parte da fazenda”, conta a generosa Zefa, que tem 74 anos de vida.

Por Stephanie Macêdo

Foto: Jadilson Simões