16/08/18 - 08:22:17

Segure os bolsos

A partir de hoje, cerca de 400 pessoas vão circular por Sergipe garimpando votos. São os candidatos a governador, senador, deputados federais e estaduais. Todos se apresentarão como benfeitores dispostos a transformar em paraíso a vida dos eleitores. As promessas serão maiores se o cidadão desprevenido prometer, além do voto, uma contribuição em dinheiro para a campanha do indigitado. Cuidado, pois a maioria dos candidatos nunca fez patavina por ninguém sem antes levar algo em troca. Tem gente séria entre os competidores, mas é uma minoria. Muitos dos postulantes já tentaram se eleger outras vezes usando as mesmas promessas esfarrapadas, enquanto outros são fichas sujas, malandros, mequetrefes. Cabe ao cidadão pesquisar o passado dos concorrentes e analisar as propostas políticas de cada um. Antes de mais nada é prudente segurar os bolsos, pois no meio dessa multidão de candidatos tem muitos desonestos que, na maior cara de pau, vão lhe pedir “uma ajudinha” para bancar a campanha. Portanto, fique atento, pois estão de olho no seu dinheiro.

Fraude eleitoral

E o candidato a senador Jackson Barreto (MDB) discorda dos que querem ver Lula da Silva (PT) fora da disputa eleitoral. Segundo ele, um possível impedimento do “Barba” é tentativa de fraude no processo eleitoral. Jackson participou ontem, em Brasília, do ato público em favor da candidatura de Lula a presidente da República.

Estado menor

Em sendo eleito, o candidato a governador de Sergipe, João Tarantela (PSL), vai reduzir extinguir e privatizar empresas estatais, reduzir o número de cargos comissionados e diminuir os privilégios e as mordomias. Tarantela não fornece maiores detalhes sobre as prometidas reduções de gastos e não cita quais estatais serão torradas nos cobres. Marminino!

Menos barulho

Para alegria geral, a campanha eleitoral deste ano terá bem menos carros de som nas ruas e avenidas. Eles só serão permitidos em carreatas, caminhadas, passeatas e comícios. E mesmo assim, deverá ser respeitado o limite de 80 decibéis, medido a sete metros de distância do veículo. Menos mal, né?

Salário maior

A Prefeitura de Ribeirópolis fez publicar no Diário Oficial do Município edital corrigindo o salário inicial de procurador, que estava fixado em R$ 1,4 mil. Segundo o blog Primeira Mão, agora ficou definido para quem for aprovado no processo seletivo um salário de R$ 2,1 mil e foi extinta a dedicação exclusiva. Melhor assim!

Maldade

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) deve se arrepender muito por ter apoiado o ainda presidente Michel Temer-Treme (MDB). De uns tempos pra cá, Vavá só critica o mordomo de filme de terror. Agora, o senador denuncia o cavernoso de ter vetado projeto aprovado no Congresso reajustando o piso salarial dos agentes de saúde. Marrapaz!

Elite surda

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) esteve em Brasília, participando da manifestação em favor da candidatura de Lula da Silva (PT) a presidente da República. Satisfeita com o sucesso do ato público em favor do petista, Ana Lúcia disse que “o povo organizado ainda há de estourar os tímpanos de uma elite que foi forjada fingindo-se de surda”. Misericórdia!

Mais promessas

No plano de governo entregue à Justiça Eleitoral, o governador e candidato à reeleição Belivaldo Chagas (PSD) anuncia melhorias para a segurança pública. Entre outras ações, ele promete coibir os roubos de veículos e de aparelhos celulares, além de reduzir a criminalidade e a violência, em especial os índices de homicídios dolosos. Ora, e por que o governo de Belivaldo já não vem fazendo isso? Só Jesus na causa!

Baculejo federal

A Polícia Federal amanheceu hoje na porta de um escritório de advocacia, em Aracaju, e de uma empresa de ônibus, em Nossa Senhora das Dores. Servidores da Controladoria Geral da União acompanharam os agentes da PF na operação realizada no bairro Treze de Julho e no interior de Sergipe. A ação está sendo mantida em sigilo pela Polícia Federal e a CGU.  Danou-se!

Ponto nos is

Os candidatos majoritários da oposição se reuniram para colocar os pontos nos is. Agora, Eduardo Amorim (PSDB), Ivan Leite (PRB), André Moura (PSC) e pastor Heleno Silva (PRB) juram que estão falando a mesma língua. Será que Heleno prometeu não criticar mais o ainda presidente Michel Temer-Treme? Aliás, essa deve ter sido uma das exigências de André, amigo intimo do mordomo de filme de terror. Cruz credo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 27 de abril de 1931.

Resumo dos Jornais