17/08/18 - 08:23:05

Jogo empatado

A campanha para o governo de Sergipe começa com três dos nove candidatos embolados na frente. As pesquisas de intenção de votos registradas na Justiça Eleitoral mostram Valadares Filho (PSB), Eduardo Amorim (PSDB) e Belivaldo Chagas (PSD) com diferenças mínimas entre um e outro, caracterizando, algumas vezes, empate técnico. Em 2014, os candidatos a governador Jackson Barreto (MDB) e Eduardo Amorim (PSDB) também começaram a campanha cabeça a cabeça. JB só conseguiu abrir uma frente de 8% em setembro daquele ano, tendo sido eleito ainda no 1º turno com uma vantagem de 120 mil votos. Ressalte-se, porém, que os indecisos, nulos e brancos fazem a diferença entre as duas campanhas. Em 2014, eles somavam 24%, enquanto hoje são mais de 50%. Quer dizer, embora aparentemente empatado, o jogo está totalmente aberto, impedindo fazer qualquer prognóstico desapaixonado sobre quem será o futuro governador de Sergipe.

E tome promessas

Sem detalhar como, o candidato a governador Valadares Filho (PSB) jura que vai transformar Sergipe “em um lugar melhor e mais digno pra nossa gente”. Também sem dizer de onde virão os recursos, o tucano Eduardo Amorim anda prometendo “implantar um programa de combate ao uso de drogas, criando centros de tratamento para dependentes químicos”. Então, tá!

E Albano acreditou!

O ainda presidente Michel Temer-Treme (MDB) garantiu ao ex-governador Albano Franco (PSDB) que a Petrobras não vai fechar a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen). Segundo o mordomo de filme de terror, em vez de lacra-la em outubro, como previa, a estatal deve privatizar a unidade de Laranjeiras. E Albano saiu da audiência acreditando que o amigo cavernoso tem alguma força para modificar decisões da Petrobras. Marrapaz!

Bota fora

Aristóteles Fernandes não é mais superintendente da SMTT de Aracaju. Ele foi exonerado porque a esposa Salete Fernandes (PRB) é suplente do candidato a senador Heleno Silva (PRB). Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o ex-auxiliar “sempre foi leal, tendo desempenhado bem o seu papel”. A esposa de Aristóteles é vereadora na Barra dos Coqueiros. Coisas da política!

Cadê o dinheiro?

A Polícia Federal investiga um rombo milionário na educação estadual. Suspeita-se que os “mãos leves” furtaram milhões destinados ao transporte escolar. A PF não revela nomes, mas garante que o crime foi praticado por políticos, empresários e servidores estaduais. São por essas coisas que a educação pública vive em petição de miséria. Crendeuspai!

Haja sorte

A Polícia informa que o assaltante de bancos Dejalson Alves de Jesus morreu fuzilado ao reagir à ordem de prisão. O confronto teria ocorrido ontem, na periferia de Aracaju. De janeiro até agora, mais de 50 suspeitos morreram em troca de tiros com os policiais sergipanos. Graças à Divina Providência e à péssima pontaria dos criminosos abatidos, nenhum agente da lei saiu ferido nestes confrontos à bala. Deus é mais!

Faca no pescoço

E o secretário estadual de Turismo, Manoel do Prado Franco Neto, tem oito dias para apresentar uma perícia técnica sobre o abandonado Hotel Pálace de Aracaju. O descumprimento do prazo estabelecido pelo Tribunal de Contas de Sergipe renderá ao gestor multas diárias de R$ 1 mil. Por não ter feito a tal perícia, o ex-secretário Cincinato Júnior foi multado pelo TCE em R$ 30 mil. Misericórdia!

Desdentados

Segundo pesquisa da Edelman Insights,16 milhões de brasileiros não possuem um único dente, enquanto 39 milhões de pessoas usam próteses dentárias. O estudo revela que para 43% dos banguelos, a perda de dentes lhes atrapalha namorar ou paquerar. Outros 21% disseram que a condição lhes impediu de fazer novos amigos e 41% relataram dificuldades na pronúncia das palavras. Um horror!

Defesa de Lula

Candidato a senador pelo PPL, o advogado Henri Clay Andrade saiu em defesa do presidenciável Lula da Silva (PT): “A Constituição diz que ninguém pode ser considerado culpado sem o trânsito em julgado”, ensina. O causídico afirma ser favorável à ficha limpa, “mas o judiciário não pode se desgastar com decisões partidárias, pois o povo não aceita dois pesos e duas medidas”. Então, tá!

Propaganda na web

Os candidatos e partidos podem pagar propaganda nas redes sociais. A legislação eleitoral prevê as modalidades de impulsionamento de conteúdo e de priorização paga de conteúdos em mecanismos de busca. As mensagens devem estar identificadas como tal, por meio da criação de selos, além de conter o nome o CPF ou CNPJ do patrocinador da publicação. Abra o olho!

Recorte de jornal

Publicado no jornal propriaense A Defesa, em 10 de novembro de 1945.

Resumo dos Jornais