17/08/18 - 14:38:58

Silvia Fontes se preocupa com aumento de violência contra as mulheres

A Lei Maria da Penha completou doze anos no dia 7 de agosto e o tema violência contra a mulher parece nunca ter sido tão atual. O aumento diário no número de assassinatos de mulheres vem alarmando governantes das três esferas e não passa despercebido de Silvia Fontes candidata a vice-governadora do estado de Sergipe, na chapa de Valadares Filho.

Pesquisa da Organização Mundial de Saúde revela que, de 2006 a 2010, o Brasil está entre os dez países com maior número de homicídios femininos. Esse dado é ainda mais alarmante quando se verifica que, em mais de 90% dos casos, o homicídio contra as mulheres é cometido por homens com quem a vítima possuía uma relação afetiva, com frequência na própria residência das mulheres.

Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2016 foram assassinadas em Sergipe 36 mulheres. Em 2017 esse número aumentou para 69. Para Silvia Fontes “há que se destacar ainda como violência contra as mulheres os ataques de natureza sexual, a exemplo do estupro, bem como a violência moral, no trabalho e psicológica como humilhação, constrangimento, perseguição, ameaças, isolamento, insultos e chantagem”.

A violência atinge mulheres de formas distintas. Grande parte dos ataques contra as mulheres são realizados no âmbito privado, fora das ruas, dentro do lar, sendo praticados por pessoas próximas a sua convivência, como maridos/esposas ou companheiros/as, sendo também praticada de diversas maneiras, desde agressões físicas até psicológicas e verbais. Tal situação torna difícil a denúncia e o relato, porque torna a mulher agredida ainda mais vulnerável à violência.

Sensível a essa situação, Silvia Fontes reitera a necessidade de especialização e urgência  no atendimento às vítimas de agressão, principalmente porque esses episódios não têm dia nem hora marcados para acontecer.

“A instalação de novas Delegacias de Mulheres no Estado de Sergipe, trabalhando em regime de plantão e também aos finais de semana, além da contratação de profissionais habilitados para atender a esta demanda nas Especializadas, é urgente no nosso estado”, destaca a candidata.

Fonte e foto assessoria