20/08/18 - 16:51:19

SES apresenta balanço de imunização em Sergipe após Dia D

Até a última sexta- feira, 17, Sergipe havia imunizado 24.300 crianças de 1 a 4 anos, ou seja, apenas cerca de 18% receberam a vacina contra sarampo e poliomielite. Já nesta segunda, 20, de acordo com a gerente Estadual do Programa de Imunização, Sândala Teles de Oliveira, o resultado parcial do balanço aponta que foram vaciandas 74.580 crianças, o que representa 56% de cobertura da Poliomielite e 74.339 doses de Sarampo, totalizando uma cobertura de 55,73% do  público-alvo, triplicando, assim, a cobertura vacinal após o Dia D, realizado no último sábado, 18. A Campanha Nacional de Vacinação começou no último dia 6 de agosto e segue até o próximo dia 31.

Sândala destaca o empenho dos municípios que já atingiram a meta como Frei Paulo (100%), General Maynard (96,7%), Pedra Mole (98,15%), Santana do São Francisco (97,77%), Siriri (95,8%) e Telha (118,13%), que dentro de duas semanas atingiram a cobertura vacinal. ” 10 municípios estão bem próximos de atingir a meta também. Temos que continuar todos somando esforços diariamente. É importante que consigamos chegar a homogeneidade. Que nenhum município fique com cobertura abaixo da meta” ”, atentou.

Ela informou, ainda, que Aracaju vacinou até o momento 14.843 crianças com uma cobertura de 44,31%, Já Nossa Senhora de Socorro,  imunizou até 40.83% e Barra dos Coqueiros com cobertura de 62.51%. 20 municípios estão acima dos 70%.

Poliomielite

Poliomielite, é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. Acontece em geral os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principais características a flacidez muscular, com sensibilidade preservada, e a arreflexia no segmento atingido.

A transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral ( mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, ou pela via oral-oral, através de gotículas de secreções da orofaringe ( ao falar, tossir ou espirrar).

Sarampo

É uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes aparecimento do exantema até quatro dias após.

Foto: Flávia ascom SES