21/08/18 - 08:07:40

A força da oncinha

Aquela onça moradora da cédula de R$ 50 terá presença garantida nesta campanha eleitoral. Quando se aproximar o dia da votação, milhares de notas viajarão em malas pretas com o objetivo de mudar o destino dos votos. As onças também serão usadas para atrair os eleitores indecisos, tidos como o fiel da balança na disputa para o governo de Sergipe e pelas duas vagas de senador. Claro que o Ministério Público e a Polícia vão tentar impedir a circulação das malas pretas. Mas, como dinheiro não fala boa parte chegará ao destino, influenciando criminosamente no resultado da eleição. Portanto, mesmo com a vigilância redobrada das autoridades, vai chegar a hora de a onça beber água.

Agora vai!

O governador e candidato a reeleição Belivaldo Chagas (PSB) diz ter a fórmula para Sergipe voltar a crescer: “É primordial que saneemos as finanças, reduzindo as despesas, incrementando a arrecadação, modernizando a gestão, atraindo novas indústrias e criando as condições para geração de empregos”. Oxente, e por que Belivaldo ainda não fez isso, se desde 2014 está no executivo como vice e governador? Misericórdia!

Chupa de peito

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) ficou tiririca de raiva ao saber que o PDT apoia o candidato a senador André Moura (PSD).  Segundo Vavá, o apoio dos pedetistas ao candidato de outra coligação agride a aliança entre as duas legendas. Diante do chupa de peito, o presidente do PDT, Fábio Henrique, negou a traição: “O apoio a André restringe a um grupo que, em determinada área de Socorro, apoia a outros candidatos”. Então, tá!

Traição pública

Quem ouve um vídeo gravado em um comício fica convicto do apoio do PDT a André Moura. Em menos de um minuto de fala, o presidente do partido, Fábio Henrique, cita cinco vezes o candidato a senador pelo PSC: “Um dos nossos senadores é André. A gente vota em André, acredita em André, no trabalho de André. Boa sorte André”. Será que o candidato a senador Henri Clay Andrade (PSL) ainda confia no apoio do aliado PDT de Fábio Henrique? Homem, vôte!

Na terrinha

Disfarçado de candidato a vice-presidente, Fernando Haddad (PT) estará amanhã em Aracaju. Escolhido pelo presidiário Lula da Silva (PT) para substituí-lo na disputa eleitoral, Haddad terá agenda cheia na capital. Visita o governador e candidato a reeleição Belivaldo Chagas (PSB), lança o livro Caravana Lula pelo Brasil, concede entrevista coletiva, participa de uma caminhada e inaugura o comitê de campanha do PT. Haja fôlego!

Mãos ao alto

E quem esteve em Aracaju foi José Mariano Beltrame, idealizador das Unidades de Polícia Pacificadora no Rio de Janeiro. Veio fazer palestra a convite da Associação dos Oficiais Militares de Sergipe. Segundo Beltrame, num país onde são assassinadas mais de 63 mil pessoas por ano, segurança não é prioridade. Certíssimo!

Seis a zero

Tem aumentado o número de confrontos à bala entre policiais sergipanos e suspeitos por crimes. De domingo até ontem, seis criminosos foram fuzilados na troca de tiros com os agentes da Lei. Graças à Divina Providência e a péssima pontaria dos bandidos, nenhum dos nossos briosos policiais ficou ferido nos sangrentos tiroteios. Deus é mais!

Dia de despedida

Será sepultado hoje, o corpo do jornalista Victor Amaral. Ele morreu ontem, em Manaus, vítima de um AVC. Paulista de nascimento, o comunicador transferiu-se para Sergipe ainda muito jovem. Aqui formou-se em jornalismo e trabalhou nas TV?s Atalaia, Sergipe e Alese. Em Manaus trabalhava na afiliada da Rede Globo. O corpo de Vitor chega às 11h, sendo transladado para o Cemitério Colina da Saudade, onde será sepultado às 17h. Que a terra lhe seja leve, amigo!

E tome promessas

Pelo que o candidato a governador Eduardo Amorim (PSDB) tem prometido, Sergipe vai se transformar num paraíso na terra. Ele jura que em sendo eleito trará de volta a paz para o estado e investirá, “com qualidade, em todas as áreas, principalmente na Saúde, Educação e geração de empregos”. O tucano só não disse como conseguirá os xibilhões necessários para honrar as promessas de campanha. Marminino!

Tudo como dantes

Nada menos do que 75% dos atuais deputados federais devem se reeleger. A previsão é do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Segundo o estudo, a expectativa e o sentimento da população por renovação na Câmara Federal serão “frustrados” neste pleito. E tudo continuará como dantes no velho quartel de Abrantes. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Cruzada, em 18 de abril de 1920.

Resumo dos Jornais