21/08/18 - 12:16:08

SINDICASE E SINDIVISE FECHAM CONVENÇÃO COLETIVO DE TRABALHO

Justificando sua atuação como entidade representativa de classe das empresas do comércio atacadista e distribuidor sergipano, o Sindicato das Empresas do Comércio Atacadista e Distribuidor de Produtos Industrializados do Estado de Sergipe (Sincadise) celebrou a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com o sindicato que legitimamente representa os interesses da classe de trabalhadores das empresas do setor do estado, o Sindivese, no último dia 16 de agosto, após seis rodadas de negociação.

A CCT terá validade até o dia 30 de abril de 2019, com data-base para o dia 01 de maio do próximo ano. No documento foram especificadas as categorias profissionais que são beneficiadas com o acordo firmado entre empresários e colaboradores das empresas. Foram fixados pisos salariais entre R$ 1.045,50 e 1.813,22, mantendo o compromisso empresarial de pagar acima do salário mínimo aos trabalhadores que exercem as mais diversas atividades, dando valorização profissional aos componentes das empresas do comércio atacadista. O reajuste do salário base para profissionais que recebam valores acima do piso foi de 2,5%, o que caracteriza ganho real para os trabalhadores, que receberam aumento salarial acima do índice de reajuste da inflação, mostrando que as empresas têm reconhecimento e valorização pelos seus colaboradores. O pagamento do reajuste será feito de forma retroativa ao mês de maio. Foi firmado entre o Sincadise e o Sindivese que as empresas do comércio atacadista e distribuidor poderão abrir suas lojas em todos os feriados, à exceção de 24 de junho, 25 de dezembro e 1º de janeiro, bem como a compensação de banco de horas, mecanismo que promove mais dias de descanso para os trabalhadores em troca das horas extras, poderá ser feito em até seis meses.

O presidente do Sincadise, Breno Pinheiro França, valorizou a iniciativa do fechamento da CCT, afirmando que foi feito o melhor para as empresas do setor e para os colaboradores dos empreendimentos atacadistas e distribuidores. Segundo ele, o acordo firmado entre os sindicatos foi valoroso para ambas as partes, trazendo benefícios para os dois lados da mesa de negociação.

“Firmar a nova CCT foi um grande avanço para os trabalhos das empresas neste ano. Os trabalhadores e empresários foram beneficiados com o acordo coletivo, que trouxe para os dois lados o melhor. Fizemos uma negociação justa com o Sindivese, que também agiu com galhardia e foi ético com as reivindicações patronais. Firmar a Convenção Coletiva de Trabalho é ter a certeza que houve o melhor entendimento entre as partes e que todos estão sendo respeitados e valorizados. Tanto as empresas como os profissionais saíram ganhando com esse novo acordo coletivo. Parabenizo nosso assessor jurídico, Dr. Thiago Cabral, por mais esse brilhante trabalho, bem como cumprimento o presidente do Sindivese, Nataniel, que agiu com seriedade a todo o momento”, disse Breno França.

Por Márcio Rocha

Foto assessoria