23/08/18 - 05:59:27

BELIVALDO E ELIANE INAUGURAM COMITÊ APÓS CAMINHADA

Em seu primeiro ato político em Aracaju como candidato à reeleição, o governador Belivaldo Chagas (PSD), e a candidata à vice-governadora Eliane Aquino (PT), promoveram uma caminhada na tarde desta quarta-feira (22), nas ruas do Centro da capital, onde marcharam ao lado do candidato à vice de Lula, Fernando Haddad (PT) que, junto com Manuela D’Ávila (PC do B), iniciaram a campanha Lula Presidente em Sergipe.

A caminhada, em apoio à candidatura de Lula e à reeleição do governador Belivaldo, reuniu centenas de pessoas do povo, e terminou em grande ato político de inauguração do Comitê Central da Coligação Pra Sergipe Avançar.

“Em Sergipe, as pessoas estão ao lado de Lula e dos que defendem o direito do nosso ex-presidente ser candidato. Eu e Eliane vamos de casa em casa, em todos os cantos do Estado, levar as nossas propostas para continuar governando Sergipe e as propostas de Lula para voltar a governar o nosso país. Lula representa os brasileiros que querem um país mais justo, assim como nós, e por isso estamos juntos nesse projeto”, afirmou o governador.

Após ter sido carregado nos braços da população, Belivaldo afirmou, já no ato inaugural do comitê de sua campanha à reeleição, que Sergipe e o país não podem mais permitir outro golpe como o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“E, para isso não acontecer outra vez, precisamos do apoio de vocês, precisamos que as pessoas não deixem de ir votar, não deixem de escolher seus representantes, precisamos da participação de todos. E precisamos também sair fortalecidos dessa eleição, buscando eleger os candidatos da nossa coligação, que estão alinhados ao nosso projeto”, disse o governador, em tom de conscientização política.

Eliane Aquino explicou à militância política que está com Belivaldo, e com o Lula, para poder não apenas ampliar o trabalho de assistência social que tem feito em Aracaju, como vice-prefeita da capital, uma marca de sua atuação política, mas, também, para colaborar, diretamente, com a gestão do governo, “auxiliando o governador e contribuindo com o projeto político iniciado lá atrás por Marcelo Déda”, disse a candidata à vice-governadora, ao expressar sua felicidade em ser do “time do Lula” e “ajudar o projeto onde as pessoas que mais precisam serão prioridade”.

Lula Presidente

Candidato a vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista Fernando Haddad está percorrendo o Nordeste junto com a Manuela D’Ávila e a Caravana Lula Presidente, que aportou em Aracaju nesta quarta para  dar a início as atividades da campanha presidencial do PT em Sergipe.

Haddad reiterou aos sergipanos que a candidatura do Lula só foi registrada porque tanto o ex-presidente quando sua defesa, entendem que o direito de concorrer lhe está assegurado e, principalmente, por não haver provas que justifiquem a sentença que o condenou.

“Esse homem que está encarcerado, injustamente, há quase cinco meses, é o que mais mobiliza o país. Vocês sabem que a Rede Globo não cobre a campanha do Lula. Eu queria perguntar pra Globo se isso aqui que está acontecendo em Aracaju pode passar no Jornal Nacional?”, disse o candidato a vice de Lula se dirigindo a multidão que tomou a avenida Barão de Maruim.

Fernando Haddad relembrou, em seu discurso, a atuação do governador Marcelo Déda, a quem conheceu quando estava no cargo de ministro da Educação no governo Lula.

“A primeira vez que estive com Déda foi para inaugurarmos, junto com o Lula, o Campus da UFS em Laranjeiras, um momento histórico para a educação em Sergipe. Lembro do Marcelo Déda cobrando ao Lula, durante seu discurso, um campus da UFS para Lagarto, na área da Saúde. Lula entregou o campus, que já está formando sua primeira turma de medicina, e conta com quilombola entre os formandos, aluno da escola pública. É preciso que voltemos a dar oportunidade às pessoas como fez o Lula, o Déda, como está fazendo o governador Belivaldo”, disse Haddad, ao pedir aos sergipanos que reforcem o apoio à eleição de Lula e à reeleição de Belivaldo.

Antes de encerrar o ato, o governador destacou que, a partir de agora, é preciso que toda militância se mobilize para, juntos, “caminharmos, unidos com o povo, rumo à vitória, com Lula e Haddad, Belivaldo e Eliane”, destacou o candidato à reeleição.

Da assessoria

Foto: Marcos Rodrigues