23/08/18 - 16:37:05

MUNICÍPIOS TEM ATÉ ESTA SEXTA PARA RETIRADA REPELENTES

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou no último dia 13 a distribuição de 100 mil unidades de repelentes para os 75 municípios sergipanos com o objetivo de prevenir a transmissão do Zica Vírus e outras doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. A entrega do  produto visa proteger as gestantes contra a picada do mosquito que transmite também doenças que podem levar a microcefalia. A farmacêutica da SES, Fabiana Santos de Carvalho, disse que a ação de distribuição dos repelentes foi iniciada pelo Ministério da Saúde em janeiro de 2016 e prosseguiu desde então com a ação preventiva.

O cronograma da SES indica que dos 75 municípios, 71 já fizeram a retirada dos repelentes no Centro de Distribuição de Insumos e Medicamentos do Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, que se encontravam no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos (Cadim). “Desses, falta retirar o quantitativo de repelentes dos municípios de Tomar do Geru, Muribeca,Telha e Nossa Senhora de Socorro, segundo cronograma do Cadim”, disse Fabiana.

Ela explicou que a SES disponibilizou um quantitativo para cada município, totalizando 100 mil unidades do produto que tem grande importância na proteção contra o Zica vírus e doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, principalmente nos primeiros trimestre da gestação. Fabiana informou, ainda, que os municípios devem distribuir os repelentes para as unidades de saúde no sentido de serem repassados ao público-alvo que, segundo sugestão do Ministério da Saúde, são as gestantes acompanhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e cadastradas no Programa Bolsa Família.

“São essas as populações de áreas endêmicas para arboviroses transmitidas pelo Aedes Aegypti; populações com contraindicação à imunização contra a febre amarela; idosos; e agentes comunitários de saúde expostos a condições de risco”, assegurou Fabiana Carvalho. O Cronograma de entrega se encerra na sexta-feira, 24, tendo os municípios até a sexta-feira para fazerem suas retiradas, adverte a farmacêutica.

foto: Flávia Pacheco

ascom SES