26/08/18 - 08:45:08

Funcaju apoia projeto multidiciplinar da Universidade Federal

Um projeto de ação artística multidisciplinar arquitetado em conjunto com alunos dos cursos de Teatro, Comunicação Social, Música e Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS) recebeu o apoio cultural da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju). A iniciativa tem o propósito de executar um espetáculo cênico musical aberto e intinerante, com narrativas fictícias sobre o navio H. Dantas, atracado há mais de dez anos no rio Sergipe. O evento iniciou no pôr do sol deste sábado, 25, e acontece novamente no entardecer do domingo, 26.

Intitulado ‘A Partida do Navio’, a idealizadora do projeto e professora do curso de Teatro da UFS, Márcia Baltazar, falou sobre o compromisso da cultura humanística para a população e agradeceu a Funcaju pelo apoio. “O nosso objetivo foi levar um evento artístico aberto para a comunidade, saindo do tradicional ambiente fechado da universidade e do Teatro. Somente tenho agradecer a toda a minha equipe, patrocinadores e, principalmente, a Prefeitura de Aracaju”.

O espetáculo iniciou com a travessia de tototós, partindo da Ponte do Imperador sentido a cidade da Barra dos Coqueiros. Logo em seguida, houve um cortejo com apresentações teatrais e até um cinema foi montado ao ar livre, onde exibiu um documentário sobre a história do navio H. Dantas. E, para encerrar, foi realizado um sarau cultural com artistas da própria comunidade e a encenação Ópera do navio.

Para o estudante de Psicologia, Thales Ribeiro, vivenciar o espetáculo foi divertido e, ao mesmo tempo, de aprendizado para sua carreira profissional. “Eu achei muito bacana toda essa experiência, porque foi realizado em local aberto e por aproveitar dos lugares históricos de Aracaju, como a Ponte do Imperador. Essa apresentação agrega para meus estudos, porque a psicologia se preocupa com as emoções. Assim, trabalhamos com o psicodrama, que é uma abordagem da psicologia que usa elementos do teatro como maneira terapêutica”, disse.

Luana Casado, ex-aluna do curso de Teatro ressaltou a valorização dos artistas sergipanos no projeto. “Aracaju estava realmente precisando de um evento como esse, principalmente, para quem estuda ou trabalha com teatro em nosso Estado. É muito fácil as pessoas valorizarem os atores de fora por não conhecerem os locais, por isso a importância deste projeto”, comentou.

Foto Edinah Mary