28/08/18 - 13:35:12

Caso do radialista suspeito de agressão e estupro pode ser abafado, diz Amintas

Na manhã desta terça-feira, 28, o vereador e líder da oposição Cabo Amintas (PTB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para externar sua revolta com a maneira que a mídia local está tratando o radialista George Magalhães após ser apontado como suspeito de agressão seguida de estupro.

“Lamentável a postura de parte da imprensa sergipana, que se calou diante de uma acusação tão grave de estupro que, segundo boletim de ocorrência, foi praticado por um radialista. Esse mesmo radialista por várias vezes joga na vala pessoas de bem. Muitas vezes não dá direito de defesa. Mas eu vou lhe dar, George Magalhães, o direito de defesa que o senhor não me deu quando, no seu esquema com o Governo do estado de Sergipe, não me permitiu entrar no ar para me defender de acusações do secretário Almeida Lima e do adjunto”, desabafou.

O parlamentar ressaltou a falta de empatia daqueles que saíram em defesa e apoio ao radialista em detrimento ao apoio da vítima.

“Uma mulher pobre, trabalhando na faxina do condomínio, lamentável isso. E muitos vão se calar. Lamentei muito quando vi membros desse parlamento em defesa e solidariedade a esse jornalista e não prestando solidariedade a vítima. Lembrem, senhores, nós temos filhas, temos esposas, temos mães. Não podemos simplesmente brincar com o que está acontecendo”, afirmou Cabo Amintas.

O vereador também salientou a ironia existente entre a falta de firmeza nas ações contra o radialista em comparação as falas do próprio quando exige afastamento de policiais, por exemplo, logo depois de algum erro polêmico.

“Quando um policial erra, esse mesmo radialista diz: ‘ele tem que ser afastado das funções’. E se fosse um vereador? Se qualquer vereador aqui estivesse sendo acusado de estupro ou agressão pode ter certeza que esse radialista estaria acabando com os senhores!”, declarou.

Amintas ainda cobrou um posicionamento mais firme dos parlamentares da Casa Legislativa diante desse caso.

“Vão se calar, senhores? Nunca tive problemas pessoais com esse homem, que fique bem claro isso. Agora saibam, eu nunca vou entrar no ar pra defender ele e esquecer da vítima, do que ela deve teve passado”,  disse.

Por fim, Cabo Amintas ainda afirmou ter recebido informações que logo depois da entrada da vítima ao IML, o governador do estado também esteve no local.

“Estão abafando esse caso. Mas enquanto Deus me der vida e o povo de Aracaju e de Sergipe confiar em mim. Eu não vou me calar diante desse microfone. Eu espero que os senhores vereadores e senhoras vereadoras se coloquem no lugar dessa mulher e não façam como alguns, fazendo média com ‘jabazeiro’, dizendo que é solidário a ele. A minha solidariedade é a essa mulher, só Deus sabe o que ela passou”, concluiu.

Fonte: Assessoria de imprensa do parlamentar.