28/08/18 - 08:27:08

O risco do já ganhou

Com base nas pesquisas, que o colocam na dianteira da disputa pelo comando de Sergipe, o candidato a governador Valadares Filho (PSB) tem acalentado a hipótese de vencer o pleito ainda no 1º turno. Alguém precisa dizer ao pessebista que não se ganha eleição de véspera. Acreditar, a 41 dias do pleito, que já venceu é uma temeridade. Fosse assim, não havia necessidade de horário eleitoral na televisão, debates, comícios, carreatas e corpo a corpo. O já ganhou é o maior adversário do candidato, pois o próprio começa a andar de salto alto e parte dos aliados cruzam os braços para esperar o resultado da apuração. As pesquisas servem para balizar a campanha, porém os percentuais de hoje podem ser completamente diferentes 10, 15 dias depois. Político experiente, o senador e candidato a reeleição Antônio Carlos Valadares (PSB) já deve ter alertado o filho e aos simpatizantes deste para evitar o clima do “já ganhou”. Como poucos, Vavá sabe que nesse mar revolto da campanha existem muitas surpresas e quem subestimar as ondas a serem vencidas até o dia 7 de outubro corre o risco de morrer na praia.

Auto-elogio

O governador e candidato a reeleição Belivado Chagas (PSD) não perde uma chance para se auto-elogiar. Ele jura possuir a experiência que Sergipe precisa de um gestor. Segundo o “Galeguinho”, não dá para brincar de administrar o estado, entregá-lo a gente incapaz. “Estamos num projeto que está dando certo, fruto de estratégia, trabalho e planejamento”. Ah bom!

Uso indevido

E o PSDB sergipano usou indevidamente a imagem da cantora norte-americana Selene Gomez e da youtuber brasileira Nátaly Neri em uma peça publicitária. O uso das fotos ocorreu no ano passado, mas só agora o material viralizou nas redes sociais. Diante da grande repercussão do fato, o PSDB reconheceu o erro e pediu desculpas a Selene e Nátaly. Resta saber se elas vão perdoar. Marminino!

Apoio de peso

Os empresários Osvaldo Franco e Marcos Franco apoiam os candidatos a governador Belivaldo Chagas (PSB) e a senador Jackson Barreto (MDB). Filho e neto, respectivamente, do saudoso ex-governador Augusto Franco, Osvaldo e Marcos reuniram, ontem, lideranças políticas em Riachuelo e Laranjeiras para anunciar que votam em Chagas e JB. Trata-se de um apoio de peso, graças à força política dos dois empresários, principalmente, na região do Cotinguiba.

Mais em conta

O gás de cozinha deve cair de preço em Sergipe. É que o governo vai alterar a base cálculo do ICMS para equiparar o imposto do gás liquefeito de petróleo à carga tributária cobrada pelos estados vizinhos. A previsão é que, após a edição do decreto, o produto tenha o preço reduzido dos atuais R$ 80 para R$ 70. A família solidária agradece!

Fim das carroças

A Câmara de Aracaju começa a votar hoje, o Projeto de Lei das Carroças, propondo o fim gradativo da circulação deste tipo de transporte pelas ruas da capital. De autoria da vereadora Kitty Lima (Rede), a propositura tramita no Legislativo desde abril de 2017. Pelo projeto, ao longo de seis anos as carroças devem ser substituídas por outros veículos que não explorem a animal. Melhor assim!

Carta de Lula

E quem está comemorando uma carta que recebeu do presidenciável Lula da Silva (PT) é o candidato a senador Rogério Carvalho. Na mensagem, o líder petista lembra a atuação do político sergipano como secretário da saúde do saudoso ex-governador Marcelo Déda (PT). Lula cita a quase vitória de Rogério para o Senado, em 2014, e conclui dizendo ter certeza “que o povo sergipano saberá agora reparar essa injustiça e elegê-lo senador”. Será?

Mãos ao alto

Sergipe é o 5º estado com a maior taxa de mortes violentas do Brasil no 1º semestre deste ano. Ficou atrás apenas de Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará e Acre. Segundo reportagem do portal G1, estes estados “correm o risco de encerrar 2018 com taxas acima de 50 mortes por 100 mil habitantes”. Isso ocorrerá “se as autoridades não implementarem políticas capazes de reverter a situação em curto prazo”. Misericórdia!

Uso da máquina

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) tem denunciado o uso da máquina pública na campanha eleitoral. Segundo ele, os ocupantes de cargos em comissão que não vão aos sinais de trânsito com a bandeira do candidato a governador é demitido. “Esse método truculento e ultrapassado de fazer campanha, causando constrangimento a servidores, é uma vergonha”. Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado em jornal Correio de Aracaju, em 4 de outubro de 1929.

Resumo dos Jornais