28/08/18 - 14:22:03

SOU DIFERENTE DESSES POLÍTICOS QUE AI ESTÃO, DIZ ALESSANDRO VIEIRA

Na segunda-feira, 27, o candidato ao Senado pelo REDE, delegado Alessandro Vieira – 181, foi entrevistado pelos jornalistas Rosalvo Nogueira e Paulo Sousa no programa Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan Aracaju. A rodada de entrevista foi recheada de análises sobre a atual conjuntura política e a necessidade de mudança.

Para o candidato ao Senado por Sergipe, o cidadão brasileiro chegou ao seu limite. “Nós já pagamos a maior carga de impostos do mundo, temos os piores serviços públicos e sabemos que essa realidade é fruto da incompetência e da falta de vontade desses políticos, velhos conhecidos. O que essas figuras já conhecidas da população querem é

manter o cidadão vivendo mal, para que ele fique de joelhos, sempre dependendo do político para ganhar algo mais. Essa forma de fazer política representa o que tem de pior: política sem perfil moral, sem definição ideológica, sem princípios. É o ganhar por ganhar. É o ganhar de qualquer jeito. O que eu quero para a política sergipana e

brasileira é a verdadeira renovação, e não dá para fazer renovação com essas figuras já conhecidas porque eles já mostraram o que são capazes de fazer para ficar no poder”,ressalta.

Os jornalistas perguntaram ao delegado Alessandro – 181 sua opinião sobre as polêmicas declarações do ex-governador Jackson Barreto, de que se apertarem, ele fala sobre os desvios de recursos do transporte escolar por parte de prefeitos do interior. “Qualquer cidadão de bem que toma conhecimento da prática de um crime tem que denunciar à polícia, é uma obrigação. Se você é uma autoridade, sua responsabilidade é maior ainda. Mas se você é a maior autoridade do estado, o governador do estado, e você tem conhecimento da prática de crime de desvio de dinheiro público, e você não faz nada, você está também cometendo um crime. E eu só espero que o Ministério Público Estadual tome as devidas providências”, pontua o delegado Alessandro – 181.

O candidato ao Senado destacou o fato de que, devido à sujeira das ações dos atuais políticos, 50% da população tem a convicção de que não quer sair de casa para votar. “Eu faço um apelo à toda a população: saia de casa para votar. É a hora de dar o troco para essa turma. É a hora de mandar essa turma para casa. Escolha gente nova, escolha candidatos diferentes, tem muita gente boa que se colocou à disposição para as eleições desse ano. O cidadão sergipano está abrindo os olhos e já percebeu que é preciso mudar, e a minha candidatura se apresenta como uma alternativa a esses políticos corruptos que ai estão”, destaca.

O delegado Alessandro – 181 reconhece as dificuldades que os novos nomes enfrentam para conseguir espaço na política, mas ressalta que a missão de mudar deve ser abraçada por todos os cidadãos de bem. “É uma disputa de Davi contra Golias, mas para quem prestou atenção na história, existem sim as oportunidades em que Davi acerta a pedrada certeira e vence Golias. O trabalho para a verdadeira renovação na política é um caminho difícil, porque não tem atalho, não tem dinheiro, não tem compadrio. Mas é preciso reconhecer também que tem muita gente de bem abraçando a ideia da renovação, da mudança, da moralidade e da ética, e as pesquisas vêm mostrando isso. Tem gente que acha que os espaços na política são ocupados por vaidade ou por objetivo financeiro. O meu objetivo é atender a missão de fazer de Sergipe um estado melhor”.

Durante a entrevista, foi cobrado publicamente a realização de um debate com todos os candidatos ao Senado. “A população sergipana tem o direito de comparar os candidatos, saber seu histórico e o que realmente pretendem fazer. Todos nós já sabemos como é a atuação dessas grupos políticos nos bastidores. O nível de cinismo desses candidatos precisa ser confrontado. E eu me sinto em condições de fazer esse enfrentamento, e estou fazendo. Sergipe precisa virar essa página da história. Chegou a hora de mudar”.

Fonte e foto assessoria