29/08/18 - 11:39:06

CAMPUS UFS LAGARTO FORMA A PRIMEIRA TURMA DE MEDICINA

Por Ítalo Marcos

A noite de terça-feira, 28, foi um momento histórico para 45 alunos do curso de Medicina da Universidade Federal de Sergipe do Campus de Lagarto. Após seis anos de muitos estudos, a primeira turma de Medicina colou grau e fez história, sendo a partir de agora um espelho para as próximas que virão a estudar lá. A formatura aconteceu no Centro de Vivência da UFS, em Lagarto, e contou com a presença do secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, no ato prestigiando os novos médicos representando o governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas.

Para o secretário Josué Modesto, que foi reitor da UFS no período de 2004 a 2012, essa formatura foi uma grande conquista para os alunos e para a Universidade Federal de Sergipe. “Vim em nome do governador dar um abraço fraterno nesses formandos. Essa festa muitos nos honra. É a mostra da vitória de uma política de um determinado momento do país em que se deu a expansão e interiorização das universidades, a implantação da política de cotas. Tivemos aqui uma mostra desse êxito. A medicina está se interiorizando, a cidade de Lagarto mudou. É um momento de muita alegria poder comemorar essa política educacional extremamente vitoriosa”, disse.

O reitor da UFS, Angelo Roberto Antoniolli, falou um pouco sobre a história da construção do Campus de Lagarto e agradeceu a todos os que colaboraram para a sua concretização. Ele se dirigiu aos formandos com palavras positivas e incentivadoras. “Esta noite estamos materializando aquilo que para muitos era um sonho. Aquilo que era algo pouco imaginado por muitos é hoje uma obra concluída. Essa vitória dos alunos vem do esforço e do mérito pessoal de cada um e do apoio de suas famílias. Hoje saem daqui sujeitos prontos para perceber e aliviar a dor do próximo”, declarou.

Incentivo da Escola Pública

Acompanhados dos seus familiares, paraninfos, patronos e convidados, os estudantes entraram vestidos de beca para a colação de grau. Após o juramento de Hipócrates, que todo formando em Medicina faz, e os discursos de alguns estudantes e professores, cada um se dirigiu para pegar o diploma.

Um desses formandos foi o aluno João Santos Costa, que se destacou por ser um aluno oriundo da escola pública e ganhar notoriedade em rede social por prestar um depoimento sobre sua condição de vida até chegar a se formar. Ele, que veio de uma comunidade quilombola, é filho de lavradores, nascido e criado na roça, estudou o ensino médio no Colégio Estadual Dr. Milton Dortas, em Simão Dias, e também fez o Curso Pré-Universitário, que segundo ele, ajudou bastante em sua aprovação. O formando não poupou elogios à importância do ensino público em sua preparação.

“Hoje estou concluindo o curso de Medicina e sou muito grato à escola pública por tudo o que ela me proporcionou. Muitos pensam que isso é algo impossível quando se é uma pessoa pobre e vindo da escola pública. Estou aqui para provar que é possível, que eu consegui. Agradeço muitos aos meus colegas, professores e gestores das escolas por onde passei”, afirmou.

O seus pais, Josefa Maria dos Santos e Mário César da Cruz Costa, estavam bastante emocionados. “Para mim é muita emoção e alegria. Ele sempre foi muito estudioso, inteligente, e graças a Deus hoje está realizando o sonho de se formar em Medicina”, disse.

Presenças

Estiveram presentes à solenidade de formatura o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro; a professora Mércia Alves da Silva, da Universidade Estadual de Santa Cruz; o professor Dilton Cândido Santos Maynard, Pró-Reitor de Graduação, o professor Mário Adriano dos Santos, Pró-Reitor de Assuntos Estudantis; professora Adriana Andrade Carvalho, diretora do Campus Universitário Professor Antônio Garcia Filho; entre outros convidados.

Foto assessoria

Assessoria de Comunicação da SEED