31/08/18 - 08:13:13

Promessas no atacado

Pelos próximos 35 dias, os eleitores serão bombardeados por promessas de todo tipo. O programa eleitoral gratuito no rádio e na TV será o palco para os candidatos a governador, vice, senador e deputado prometerem transformar Sergipe num paraíso aqui na terra. Eles terão 50 minutos, em dias intercalados, para anunciar como acabar com a crise econômica, por fim à violência desenfreada, oferecer saúde e educação de primeiro mundo, atrair centenas de empresas, gerar milhões de empregos e, além de pagar os salários em dia, conceder elevados reajustes aos servidores. Alguns candidatos mais demagogos seguirão à risca o poema “Comício em beco estreito”, do poeta popular Jessier Quirino, ensinando que para ganhar a eleição basta juntar“Meia dúzia de corruto/ Quatro babão, cinco puta/Uns oito capanga bruto/ E acunhar na promessa/E a pisadinha é essa:/Três promessa por minuto”.Misericórdia!

Daqui não saiu

O candidato a governador João Tarantela (PSL) afirma que o partido não está rifado da eleição. Segundo a Justiça Eleitoral, a legenda foi inabilitada para o pleito porque não registrou 30% de candidaturas femininas.Dizendo que “Só Deus tira a gente desse projeto”, o aliado de Jair Bolsonaro jura que quem errou foi o TRE. “A gente substituiu um candidato por uma mulher dentro do prazo, mas o juiz julgou sem ver a alteração”. Ah, tá!

Casa nova

Os vereadores de Aracaju conheceram o projeto do futuro prédio da Câmara Municipal, a ser construído no Centro Administrativo Augusto Franco, zona oeste da capital. As instalações terão quatro pavimentos. O problema agora é o Legislativo conseguir os cerca de R$ 21 milhões para custear a obra. Cruzes!

Se vira nos 30

Seis dos nove candidatos ao governo de Sergipe têm menos de 1 minuto no programa eleitoral gratuito do rádio e da TV. Terão que se virar nos trinta, Mendonça Prado (0:54,33); Márcio Souza (0:15,83) Milton Andrade (0:15,83); Emerson Ferreira (0:12,33): João Tarantela (0:10,83) e Gilvani Santos (0:9,33). Melhor situação é a dos candidatos Belivaldo Chagas (5:42,33), Eduardo Amorim (3:49,83) e Valadares Filho (2:27,33).

Alça de mira

A Justiça Eleitoral julga, nesta sexta-feira, o pedido de impugnação da candidatura de Rogério Carvalho (PT) ao Senado. O Ministério Público entende que o petista não pode participar do pleito porque é condenado em 2ª instância por improbidade administrativa. A defesa de Rogério, contudo, garante que ele não é ficha suja, pois no caso em tela “não houve lesão ao patrimônio público e nem enriquecimento ilícito”. Aguardemos, portanto!

Casa cheia

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) fez festa, ontem, para anunciar o apoio aos candidatos a governador e senador, respectivamente, Belivaldo Chagas (PSD), Jackson Barreto (MDB) e Rogério Carvalho (PT). Segundo o comunista, “é preciso que a gente vote no projeto que garanta o retorno das conquistas sociais, mantendo Sergipe na proposta de mudanças iniciada por Marcelo Déda”.

Duas conversas

O candidato a senador André Moura (PSC) apontou a metralhadora para o concorrente Jackson Barreto (MDB): “Não sou aliadodo pior governador da história, de um governo fraco, que deixou nosso estado com piores índices de analfabetismo, dos mais violentos do país”. Oxente, e André não é mais aliado do ainda presidente Michel Temer-Treme (MDB)? Qual governo no mundo pode ser mais fraco do que este do mordomo de filme de terror, do qual Moura é líder no Congresso? Crendeuspai!

Troca de mãos

A Energisa arrematou, ontem, no leilão do BNDES,as distribuidoras Eletroacre e Ceron, de Rondônia. Pelo contrato, haverá um aumento de capital obrigatório de R$ 253,8 milhões na empresa rondoniense e de R$ 238,8 milhões na Eletroacre. A Energisa vai assumir a dívida de R$ 169,2 milhões da distribuidora acreana e de R$ 525,3 milhões da Ceron.

Violência preocupa

E quem anda muito preocupado com a insegurança nos mercados de Aracaju é o vereador Jason Neto (PDT). Ele reconhece o esforço da Guarda Municipal para reduzir a violência na área, porém afirma que as reclamações dos comerciantes e clientes são constantes. Segundo Jason, “é preciso uma atuação forte e permanente da Guarda para devolver a tranquilidade aos mercados, frequentados por aracajuanos e turistas”. Certíssimo!

Tiro no bumbum

Acusado de atirar no bumbum de um adversário, o ex-deputado estadual João das Graças foi condenado, ontem, a quatro anos e cinco meses de reclusão, em regime semiaberto. A defesa do político alegou legítima defesa, porém a acusação provou que para ser alvejada na nádega, a vítima estava de costas para o atirador. João das Graças vai poder recorrer da condenação em liberdade. Homem, vôte!

Recorte de jornal

Publicado no Sergipe Jornal, em 31 de outubro de 1936.

Resumo dos Jornais