03/09/18 - 07:35:04

Gestores do Turismo realizam visita técnica nas obras do Prodetur em Itaporanga

Com o objetivo de fomentar o turismo em todo o estado, o Governo de Sergipe, através das ações da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), alinhada com a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), pretende fortalecer o desenvolvimento regional por meio de investimentos turísticos. A prova disso, são as obras nos Atracadouros da Ilha Mem de Sá e Povoado Caibros, localizados no município de Itaporanga. Na última sexta-feira, 31, o secretário de Turismo, Manelito Franco Neto, e o presidente da Emsetur, Cacau Franco, realizaram uma visita técnica para acompanhar o andamento das obras com conclusão programada para o mês de dezembro.

O projeto é financiado pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo –Prodetur-, viabilizado por uma linha de crédito entre o governo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil –BID- no valor de R$ 2.050.102,50, no âmbito do Prodetur Nacional.

“A intenção desta visita foi de conhecer as obras e conversar com os moradores, pois serão eles os principais beneficiados com o progresso desta ação. A Ilha Mem de Sá já possui atrativos excelentes, principalmente na parte de gastronomia e o turismo náutico. E mais importante do que investir na localidade é qualificar os moradores que poderão impulsionar o turismo da região ofertando um serviço de qualidade aos visitantes”, enfatizou o secretário.

A coordenadora geral do Prodetur- SE, Cristiana Fernandes, destacou sobre os investimentos e o acompanhamento ambiental e social durante a execução da obra. “Quando a intervenção começou essas pessoas já estavam aqui e não poderíamos de forma imediata prejudicar a rotina dos ribeirinhos, por conta disso é feito um trabalho semanal voltado para as questões de assistência social e gerenciamento ambiental. Os novos atracadouros irão proporcionar uma grande mudança no dia-a-dia da comunidade, tanto no potencial turístico e nas condições de desenvolvimento social e econômico da região”, disse.

Cacau Franco pontuou em relação aos atrativos da ilha. “O translado até chegar na ilha por meio de uma embarcação é um grande atrativo que encanta o visitante desde o início do passeio conhecendo as belezas naturais do município. Além disso, a região poderá desenvolver ações de ecoturismo especializado e eventos deste segmento. Vale lembrar que antes de iniciar as obras foram realizados cursos de capacitação na comunidade”, explicou o presidente da Emsetur.

Carlos Augusto Valença é proprietário de um bar e comentou sobre a iniciativa. “Até o momento estamos conseguindo conciliar o nosso trabalho com as atividades das obras, mas temos consciência de que em alguma hora teremos que dar uma pausa. A nossa expectativa são as melhores possíveis e espero que a ilha tenha um grande crescimento na parte turística e não somente na área de gastronomia como já acontece, mas, também, em ações de ecoturismo e comércio especializado para que o turista possa levar produtos da ilha como camisetas e bonés, pois tudo isso impulsiona a geração de emprego e renda”, concluiu.

Foto: Acrisio Siqueira

Por Shis Vitória de Castro