03/09/18 - 08:19:11

Lula é um novo Getúlio?

O visível interesse de setores da Justiça em impedir que Lula da Silva (PT) dispute as eleições está transformando o petista num mártir. De forma inteligente, o PT propaga que o “Barba” é perseguido por um judiciário, célere para puni-lo e absurdamente lento quando é para processar centenas de políticos comprovadamente fichas sujas. Caso esse discurso petista vingue, Lula poderá eleger o futuro presidente da República, mesmo estando preso na Polícia Federal. Coisa parecida aconteceu em 1945, quando uma ação militar depôs o presidente Getúlio Vargas (PTB). Recolhido em São Borja (RS), o líder petebista mandou a classe trabalhadora votar em Eurico Gaspar Dutra, que ganhou a eleição com 55% dos votos. Os próximos 35 dias dirão se essa fixação de setores do Judiciário contra Lula o transformará num novo pai da classe trabalhadora e com força suficiente para eleger Fernando Haddad (PT).

Força da máquina

Apesar de toda fiscalização da Justiça Eleitoral, é inegável que a máquina pública faz grandes estragos no campo adversário. Os prefeitos, por exemplo, negam a utilização política desse torpedo eleitoral, porém o simples fato de comandarem verbas públicas e disporem da caneta para nomear e exonerar ajuda e muito os candidatos que apoiam. Marminino!

Eleitores demais

Levantamento do portal G1 revela a existência de 308 municípios brasileiros com mais eleitores do que habitantes. Fraudes e pessoas que moram em um lugar mas votam em outro podem explicar a diferença. Em Sergipe, têm mais votantes do que moradores os municípios de Amparo do São Francisco (2.586 eleitores, 2.368 habitantes),

Canhoba (4.217 eleitores, 4.011 moradores), Malhada dos Bois (3.788 eleitores, 3.665 habitantes) e Telha (3.235 eleitores, 3.204 moradores). Crendeuspai!

Promessa vazia

Depois de Jackson Barreto (MDB), agora foi a vez do candidato a governador Eduardo Amorim (PSDB) prometer tornar realidade o Canal de Xingó visando transpor água de Paulo Afonso até Poço Redondo. Segundo publica no Jornal da Cidade a colega Thaís Bezerra, não será fácil cumprir esta promessa, devido ao seu elevado custo – R$ 872 milhões – e pela falta de vontade política do governo federal para executá-la. É vero!

Debate no Sindifisco

O Sindifisco promove, de hoje até quarta próxima, debates com os nove candidatos a governador. Nesta segunda-feira, será a vez de Valadares Filho (PSB), Emerson Ferreira (Rede) e João Tarantella (PSL) debaterem sobre finanças públicas e administração tributária. Cada candidato fará apresentação sobre o tema, terá meia hora para expor suas ideias e mais 30 minutos para a sabatina com a categoria do Fisco. Prestigie!

Contra Temer

E o candidato a senador Henri Clay Andrade (PPL) anda prometendo revogar todas as maldades que o presidente Michel Temer (MDB) fez contra o povo. Ontem, durante carreata que promoveu pelas ruas de Aracaju, Henri Clay disse que pretende se eleger para “ser o senador da justiça social, de coragem e independente”. Ah, tá!

Mais lida

A Bíblia continua sendo o livro mais lido pelos brasileiros. É o que aponta pesquisa feita pelo Instituto Pró-Livro. A Bíblia foi citada por 42%, seguida pelos livros didáticos (32%), os romances (31%), os livros religiosos (30%) e os contos (23%). Entre as obras mais marcantes, depois da Bíblia aparecem O Sítio do Picapau Amarelo, O Pequeno Príncipe, Dom Casmurro e as coleções Crepúsculo e Harry Potter.

Escolha certo

Pesquise seu candidato
Veja se ele tem projeto
Se responde a algum processo
Se fez algo de concreto
Se tem “Ficha Limpa” ou Suja
Se for réu na dita cuja
Não vote nem por decreto.

Os versos acima são do cordelista Tião Simpatia.

Sem explicação

Um preso custa por mês cerca de R$ 2,4 mil, enquanto o custo anual com um estudante é de R$ 2,2 mil. Diante de tamanha discrepância, não se entende porque, em vez de edificar mais e mais escolas, este governo temerário tem gastado milhões para construir novos presídios. Durma com um barulho desses!

Corda bamba

O Ministério Público Eleitoral quer ver o governador Belivaldo Chagas (PSD) fora da disputa eleitoral. Alega que ele praticou improbidade administrativa quando era secretário da Educação. O MPE fundamenta o pedido de impugnação da candidatura em decisão do Tribunal de Contas de Sergipe, que acusa Chagas de ter contratado professor sem concurso público. O candidato à reeleição garante que provará não ter cometido qualquer ilegalidade. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 25 de abril de 1932.

Resumo dos Jornais