04/09/18 - 16:59:39

TELESAÚDE/SE INICIA CICLO DE GRAVAÇÕES DE WEBPALESTRAS

Videoaulas sobre Diabetes são ministradas por profissionais na sede da Funesa

Para falar de forma detalhada sobre a Diabetes, com abordagem dos cuidados iniciais até os cuidados em nível terciário – a exemplo dos tratamentos realizados em hospitais -, o núcleo de Telessaúde Sergipe, administrado pela Fundação Estadual de Saúde (Funesa), iniciou, na  segunda-feira, 3, o ciclo de gravações de webpalestras, com videoaulas ministradas por profissionais de diversas áreas da saúde. As palestras, que seguem em gravação até esta quarta, 5, envolvem conteúdos como orientações nutricionais; atividade física; Práticas Integrativas e Complementares; fisiopatologia da diabetes e medicamentos de insulina; e a pré-diabetes.

Do acordo com Maria da Conceição de Santana, Área Técnica da Coordenação de Redes de Atenção à Saúde, que integra a Diretoria de Atenção Integral à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), parceira no projeto, a programação foi pensada com o objetivo de abranger os vários aspectos da comorbidade, além de contemplar a prevenção dos agravos e a promoção à saúde. “Começamos do básico, de forma a envolver todos os trabalhadores da saúde – ou seja, do agente comunitário, que é a pessoa que vai às residências e convive com as pessoas, como auxiliares de enfermagem, enfermeiras, médicos, profissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs), academia da saúde, etc. É muito importante que todos tenham ciência dessas doenças, que tenham o mínimo de noção para orientar a população”, ressalta.

Um dos palestrantes do ciclo, o profissional de educação física e personal trainer Regilvando Fonseca, discorre sobre a importância do exercício físico para a pessoa com diabetes, que é um meio de tratamento não medicamentoso. Ele afirma que o exercício físico proporciona benefícios, sendo fundamental para essa patologia. “Melhora muito a ativação da insulina no organismo e o desenvolvimento do bem-estar e autoestima, além de fatores fisiológicos e psicológicos da pessoa com diabetes. A atividade física é completa, pois trabalha com o sistema imunológico e acelera o metabolismo. Trabalhamos isso adequando à realidade do diabético”.

Entendendo a importância das doenças crônicas e que a Diabetes está no rol de discussão dos trabalhadores da saúde, o Telessaúde, ferramenta que atua com Educação Permanente no Estado, busca auxiliar a equipe de Saúde da Família na identificação de possíveis portadores da Diabetes território sergipano, atualizando-os em relação ao manejo clínico e tratamento desses pacientes. “Também falamos sobre anamnese (entrevista com o paciente) e direcionamos a forma  de cuidados com esses pacientes, inclusive na possível complicação da doença, reverberando o alerta em todo o estado”, observa Eneida Ferreira, coordenadora do Telessáude.

Ainda segundo Eneida, o Telessaúde, que trabalha com Tecnologia de Informação e comunicação, informa os profissionais, por meio dessas aulas, que posteriormente serão disponibilizadas em plataformas virtuais e em CDs. A coordenadora diz que “esse ciclo de palestras é uma nova estratégia, pois o conteúdo está sendo esmiuçado, em diversas aulas, de forma mais específica”.

Nessa etapa, as webpalestras são ministradas pela nutricionista e membro do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Aracaju (CONSEA), Francismayne Batista; o profissional de educação física Regilvando Fonseca; o profissional da Área Técnica de Práticas Integrativas e Complementares da SES, Glaudenilson José da Silva; além da médica endocrinologista e referência técnica em endocrinologia da Prefeitura de Aracaju, Carla Raquel Oliveira, e da enfermeira e consultora técnica de enfermagem do ambulatório de Diabetes do Ipes Saúde, Elenalda Ferreira.

Fonte e foto assessoria