05/09/18 - 05:12:28

Emsurb disponibiliza serviços e equipamentos para a destinação correta de resíduos

O descarte irregular nos grandes centros urbanos tornou-se um dos principais problemas a serem enfrentados pelas administrações públicas que se preocupam com a qualidade de vida da população. Com isso, a reciclagem tornou-se a alternativa mais viável, pois, além de preservar o meio ambiente, proporciona economia e sustentabilidade. Com este pensamento a Prefeitura de Aracaju, através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), disponibiliza diversos meios para que os cidadãos possam fazer o descarte de resíduos corretamente.
O serviço de coleta seletiva, oferecido pela empresa municipal há mais de dez anos, faz o recolhimento em residências, empresas e órgãos públicos, de materiais recicláveis que se transformarão novamente em matéria-prima. De segunda a sábado, nos turnos da manhã e tarde, duas equipes executam o serviço diferenciado de coleta. De porta em porta, os agentes da empresa e da Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju (Care) proporcionam comodidade para aqueles que desejam dar a destinação correta para o chamado lixo seco (papel, plástico, metais e vidro).
Vários bairros são atendidos pelo serviço, a exemplo do Inácio Barbosa, Aeroporto, Atalaia, Coroa do Meio, Grageru e Jabotiana. Todo o volume de material coletado é levado para a Care, no bairro Santa Maria, onde passam por uma triagem antes de serem prensados ou triturados para que sejam comercializados. A pessoa, empresa ou condomínio que tiver interesse em contribuir com material reciclável deve ligar para a Diretoria de Operações pelo número 3021-9914, para a inserção da localidade na programação do serviço.  Ainda quando o assunto é a segregação de resíduos recicláveis, a empresa disponibiliza 14 PEV’s (Pontos de Entrega Voluntária), espalhados em locais com maior circulação de pessoas.
Garantir a destinação correta do lixo e entulho produzido na capital, também é uma preocupação constante da atual gestão. Para isso, a população conta com 95 caixas estacionárias, sendo 23 para entulho e 72 para lixo, que são instaladas em regiões da cidade com grande produção de resíduo e também em locais onde exista alguma dificuldade de acesso dos caminhões coletores.
Cata treco
Os móveis e objetos que não possuem mais serventia para a população aracajuana também recebem atenção especial das equipes da Emsurb. Estamos falando do Cata Treco, um programa gratuito que tem como foco principal o recolhimento de materiais que são, na maioria das vezes, descartados irregularmente nas ruas, avenidas e terrenos baldios da cidade. A programação semanal do serviço é cumprida a risca pelos agentes que trabalham de segunda a sexta pelos bairros da capital. A maior parte do que é recolhido, móveis, pedaços de madeira, objetos e eletrodomésticos grandes, são encaminhados posteriormente à Cooperativa de Reciclagem do bairro Santa Maria (Coores). A comunidade pode acionar o serviço pelo telefone 3021-9914 ou pela Ouvidoria da empresa através do número 3021-9908.
Ecoponto
O trabalho de combate ao descarte irregular acontece de maneira intensa e contínua na administração do prefeito Edvaldo Nogueira. No último dia 22 de agosto, foi inaugurado o primeiro Ecoponto – Estação de Entrega Voluntária de Resíduos Sólidos – do estado de Sergipe. O local, localizado no Bairro Industrial, na zona Norte da cidade, foi preparado para receber resíduos da construção civil, volumosos, limitados a 1 m³ por descarga, e seletivos como os resíduos recicláveis e eletrônicos. Além disso, a construção do Ecoponto, inserida no Planejamento Estratégico da gestão, busca proporcionar um melhor aproveitamento dos materiais que poderão retornar à cadeia produtiva, fazendo uso da reciclagem, e como suporte para a coleta seletiva e logística reversa.
Foto: Felipe Goettenauer