05/09/18 - 16:43:41

POLÍCIA CIVIL DETALHA PRISÃO DE ENVOLVIDOS EM LATROCÍNIO

Polícia Civil detalha prisão de envolvidos em latrocínio contra comerciante no bairro Farolândia

Além de cinco prisões, foram apreendidos uma arma de fogo, munições, capacetes e balaclavas

A Polícia Civil, por meio da 4ª Delegacia Metropolitana e Divisão de Inteligência (Dipol), com apoio do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, detalhou nesta quarta-feira, 05, a prisão de cinco pessoas envolvidas com o latrocínio que vitimou o comerciante Charlye Amaral da Silva, 60 anos, no dia 27 de junho, no conjunto Augusto Franco, bairro Farolândia, na capital sergipana.

O crime ocorreu no estabelecimento comercial da vítima, Empório Nossa Senhora de Fátima, quando dois homens entraram no local, cometeram o roubo e efetuaram disparos de arma de fogo.

Foram presos na tarde desta terça-feira, 04, por meio de diligências efetuadas pelo delegado Alexandre Pires, os acusados Rafael Barbosa dos Santos, vulgo “Rafa”, autor dos disparos contra a vítima; e Luiz Fabrício de Santana, vulgo “Luizinho”, dono da arma utilizada no delito e condutor da motocicleta que a dupla conduzia.

Além dos dois acusados de participarem diretamente da ação, também foram presos Juliane dos Santos, esposa de Luiz Fabrício, presa por receptação, pois estava com o celular subtraído da vítima; Sidclea Barbosa dos Santos, irmã de Rafael Barbosa, presa por porte ilegal de arma e tráfico; Rafael Nunes dos Santos, vulgo “Gordinho”, casado com Sidclea, também preso por porte ilegal de arma e tráfico.

Segundo informações da delegada Carina Rezende, que coordenou as investigações, logo após a divulgação das imagens do crime os suspeitos começaram a se movimentar e isso foi determinante para as prisões. “Os acusados Rafael Barbosa e Luiz Fabrício chegaram ao estabelecimento comercial por volta das 13h30. Rafael Barbosa anunciou o roubo, subtraiu o celular e dinheiro da vítima, tentando fugir em seguida com o companheiro Luiz que já o aguardava na motocicleta. Momentos depois, a vítima correu atrás deles e entrou em luta corporal, mas acabou sendo atingida pela dupla com disparos de arma de fogo. Charlye chegou a ser internado e submetido a três procedimentos cirúrgicos mas não resistiu às complicações e faleceu no dia 18 de agosto”, destacou a delegada que atua na 4ª DM.

Antecedentes

Ainda de acordo com as investigações, o grupo era responsável pelo tráfico de drogas na região periférica do bairro Ponto Novo, na capital sergipana. Com eles foram apreendidos uma arma .40, munições de revólver calibre .38, balaclavas, celulares e capacetes. Rafael Barbosa e Luiz Fabrício têm passagens pela polícia por tráfico de drogas. Rafael já tinha um mandado de prisão em aberto pelo cometimento do crime de homicídio.

Fonte e foto SSP