06/09/18 - 08:37:47

A fake news de Amorim

A Justiça eleitoral puniu o candidato a governador Eduardo Amorim (PSDB) por divulgar informação mentirosa. A fake news foi ao ar no horário eleitoral do tucano e visou atingir o também postulante ao governo, Belivaldo Chagas (PSD). Sem a menor cerimônia, o Eduardo disse no rádio e na TV que tomógrafo do Hospital de Itabaiana estava enferrujando por falta de uso. O governo reagiu contra a mentira deslavada, provando que o aparelho está bem conservado e sendo usado em fase de testes. Foi o suficiente para o magistrado Roberto Porto conceder a Belivaldo direito de resposta no programa de Amorim. É uma pena que políticos que se dizem preparados para governar Sergipe espalhem fake news na tentativa de iludir o eleitorado. A dúvida agora é saber se a campanha do tucano lançará outras notícias falsas contra os adversários, numa afronta à inteligência dos sergipanos. Respeitem o povo!

Corda bamba

O prefeito e o vice de Neópolis, respectivamente, Luiz Melo de França e José Miguel Lobo – ambos do PR – foram cassados por abuso do poder econômico. Os dois são acusados de compra de votos na campanha de 2016. Caso não obtenham êxito no recurso junto ao próprio Tribunal Regional Eleitoral, os dois serão afastados imediatamente dos cargos. Marrapaz!

Ataque à família

E quem ganhou direito de resposta para defender a esposa foi o candidato a governador Eduardo Amorim (PSDB). O tucano usou parte do programa de Belivaldo Chagas (PSD) para desmentir que a mulher Vilma Amorim virou desembargadora do trabalho graças a um acordo entre ele e o presidente Michel Temer (MDB). Por força de lei, foi o emedebista quem nomeou Vilma para o Tribunal do Trabalho. “Não satisfeito em me atacar, Belivaldo agora inventa mentiras contra minha família”, reclama Amorim. Crendeuspai!

Entre nós

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) desembarcou em Aracaju nesta madrugada. Daqui a pouco, ele concede entrevista coletiva no hotel da Orla de Atalaia e depois participa de um ato público. Ciro foi recebido no aeroporto pelo presidente do PDT em Sergipe, Fábio Henrique, o candidato a governador Valadares Filho (PSB) e outros menos votados. Hoje à tarde, o postulante à presidência segue para Caruaru. Haja fôlego!

Falsos profetas

A classe política irá, sábado próximo, em romaria a Lagarto. Os candidatos vão aproveitar a festa da padroeira Nossa Senhora da Piedade para passar os olhos no eleitorado. Durante a procissão e no interior da Igreja Matriz, o povo será paparicado com tapinhas nas costas e promessas de um mundo melhor, quase um paraíso na terra. Ó, Nossa Senhora, tende piedade de nós!

Pra ser político

À família dos defuntos

Dê um brilhoso caixão,

Um ramalhete de rosas,

Aperto de mão em mão,

Diga que vá procurá-lo

Pra comer de seu pirão.

 A definição acima está no bem acabado cordel ‘O ladrão e o político’, do poeta José Augusto, de Mossoró (RN).

Novo líder

O vereador Vinicius Porto (DEM) é o novo líder da bancada governista na Câmara de Aracaju. O demista substituiu Antônio Bittencourt (PCdoB), que deixou o cargo por conta da candidatura a deputado estadual. A mudança da liderança foi anunciada pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), durante reunião com os vereadores que o apoiam.

Luto

Será sepultado hoje, no Cemitério Colina da Saúde, o corpo do economista Nilton Porto. Ele morreu ontem, em decorrência de complicações provocadas pelo AVC que o vitimou há alguns anos. Professor da Universidade Federal de Sergipe e servidor do extinto Conselho de Desenvolvimento de Sergipe, Nilton Porto teve forte atuação política. Perseguido pelos militares durante o golpe de 1964, o economista se exilou no Chile. Descanse em paz, amigo!

Pé atrás

Candidato a deputado federal e presidente do PDT sergipano, Fábio Henrique, prometeu no rádio e na TV votar no advogado Henri Clay Andrade (PPL) para o Senado. Resta saber se o experiente causídico acreditou na promessa do aliado, depois que Fábio gravou um vídeo jurando voto e apoio político ao candidato a senador André Moura (PSC). Homem, vôte!

Sedentários

Quase 90% dos que abandonaram as atividades físicas e os esportes o fizeram antes dos 34 anos. Segundo a Pesquisa Diagnóstico Nacional do Esporte, 45% dos entrevistados tornaram-se sedentárias entre os 16 e os 24 anos de idade. Na faixa etária seguinte, de 25 a 34 anos, 18% abandonam a prática. O início do sedentarismo se dá antes dos 15 anos para 26,8% dos que já praticaram esporte ou atividade física e pararam.

Nem aí!

Na campanha política deste ano, tem muita gente igual a cavalo em desfile de 7 de Setembro: cagando, andando e fazendo ruma. Cruz credo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Nordeste, em 30 de outubro de 1960.

Resumo dos Jornais