20/09/18 - 15:36:43

Plenário da Câmara recebe o nome de ‘Vereador Abrahão Crispim’

por Leilane Coelho

Na manhã desta quinta-feira, 20, os vereadores participaram da cerimônia de mudança de nome do Plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), que antes era Wellington Paixão, para Abrahão Crispim, ambos ex-vereadores da capital sergipana.

A viúva do ex-vereador Abrahão Crispim, Rossilar Oliveira, disse estar muito feliz em ver essa homenagem, pois Abrahão construiu sua trajetória de vida em prol da população. “Sem dúvida é um momento de muita importância e felicidade para a nossa família, pois ele passou a sua vida lutando por melhorias trabalhistas através dos movimentos sociais, além disso, foi um vereador de extrema de importância”, afirmou.

Durante a cerimônia, o vereador Iran Barbosa (PT) apresentou um pouco da biografia de Abrahão, desde a sua infância em Itabaiana, passeando pelo início de sua juventude onde iniciou sua vida como bancário, também como professor de matemática, odontólogo e assim, construindo sua trajetória de luta e política.

Representando a Academia Itabaianense de Letras, o escritor Rivas D’Ávila iniciou seu discurso lembrando de Abrahão Crispim como um ser humano excepcional. “Vou falar agora do Abrahão que jogava bola comigo. Abrahão foi o maior colunista social de Itabaiana. Na época da Atlética de Itabaiana, criou a festa das personalidades da cidade, com um grande brilhantismo e alegria. E quero dizer a todos que amigos não morrem, eles ficam guardados no coração e a história dele deve ser lembrada por todos nós”.

O filho que leva o nome do pai, Abrahão Filho, se emocionou ao ocupar a Tribuna e relatar o papel de Abrahão, homem de família. “Meu pai teve uma trajetória de destaque, como vereador ele apresentou um PL que vedava a nomeação de Cargos em Comissão com ligação parental de até 3º grau com os agentes públicos. Como pai, esposo, amigo e filho sempre se apresentou como um ser presente, amoroso e extremamente alegre e brincalhão”.

O presidente da Casa, Nitinho (PSD), iniciou sua fala lembrando-se da similaridade de ideais entre os dois. “Quem me conhece sabe que me elegi em cima de uma bicicleta e muita gente ficou espantada com isso. Mas o que eu estou querendo dizer é que do mesmo jeito que eu conquistei minha trajetória política através do povo e sem precisar fazer mal a ninguém, também sei que ele foi assim. Infelizmente, eu não tive a oportunidade de estar com ele na Legislatura dele, mas sei da contribuição que ele teve para esta Casa Parlamentar e para Aracaju”.

Foto: Gilton Rosas