26/09/18 - 15:27:33

Trabalhadores relatam experiência adquirida na reforma da Alese

“Experiência única”. A afirmação é unânime entre os trabalhadores contratados pela Construtora J J LTDA – EPP para execução dos serviços de reforma na fachada e hall do edifício Palácio Construtor João Alves, sede da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). São cerca de 30 operários vindos de vários municípios, a maioria muito jovem. Todos gratos com a oportunidade em trabalhar numa obra considerada grandiosa não apenas no aspecto estrutural, mas profissional.

Com 23 anos de vida, Lucas Nicolas está na empresa há três meses. Casado e com um filhinho de apenas três anos e meio, residem no conjunto Marcos Freire, município de Nossa Senhora do Socorro.

“Eu nunca tinha trabalhado em uma obra tão grande como essa; estou gostando demais da experiência. É muito diferente de onde eu já tinha trabalhado, até mesmo pela questão da segurança, do cuidado e atenção, sem contar na importância para a minha carreira. Vai ser bom no final, quando tiver tudo pronto, dizer que a reforma da Assembleia Legislativa de Sergipe teve a minha participação”, comemora Lucas Nicolas Alves.

Gerlânio dos Santos tem 20 anos, é solteiro e reside no município de Pacatuba. Trabalhar na reforma da Alese também tem sido uma experiência muito diferente de todos os lugares por onde passou. “Esse não é o meu primeiro emprego, mas nunca tinha trabalhado em uma obra tão grande e importante como essa. É muito diferente trabalhar aqui e eu gosto dessa movimentação do pessoal”, completa o jovem.

Alepe

O mestre de obras Genaro Manoel da Silva é natural do Recife-Pernambuco. No currículo, a experiência do trabalho na reforma da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe).

“Aqui estamos com uma equipe de cerca de 30 trabalhadores contando com os motoristas que fazem o trabalho rotativo. Cada obra é uma experiência nova, apesar de que já trabalhei na reforma da Assembleia Legislativa de Recife e já tenho uma certa habilidade”, enfatiza Genaro acrescentando que o andamento dos trabalhos está dentro do prazo.

Cronograma

Os serviços deverão ser executados e concluídos no prazo de nove meses de acordo com o cronograma físico-financeiro, tendo sido iniciados a partir da emissão da Ordem de Serviços, podendo ser prorrogado mediante justificativa técnica e a obra está orçada em R$ 6 milhões 953 milhões 135 reais e 38 centavos.

Por Aldaci de Souza – Rede Alese

Foto: Jadilson Simões