27/09/18 - 06:00:41

Aracaju: usina de asfalto da Emurb vai passar por manutenção

Após um trabalho intensivo de intervenções no pavimento da cidade, quando, em 21 meses, a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) realizou o recapeamento asfáltico em aproximadamente 27 km de vias e tapa-buraco em cerca de 420.000 m² de área, utilizando mais de 50 mil toneladas de asfalto, a usina de asfalto da empresa, que produz toda a massa asfáltica utilizada nesses serviços, vai passar por uma manutenção preventiva e corretiva a partir da próxima sexta-feira, dia 28.

A paralisação da produção está programada para substituir alguns componentes de sua estrutura que estão danificados e prevenir um dano maior ao equipamento, caso essa correção não seja feita de forma antecipada. “Muita gente não sabe de onde vem o asfalto que pavimenta toda a cidade, mas a Prefeitura de Aracaju possui uma usina de asfalto, localizada no km 4 da Rodovia João Bebe Água. É lá que é fabricada a massa asfáltica para obras e serviços da administração municipal, a exemplo dos programas de recapeamento asfáltico, tapa-buraco e pavimentação. Temos realizado manutenções frequentes na usina, mas, nos últimos dias, observamos que uma peça da sua estrutura está danificada e vamos ter que desmontá-la para identificar a origem do problema. Como a usina trabalha em alta temperatura, a decisão de corrigir logo o problema é para evitar um dano maior ao equipamento e garantir a integridade dos seus operadores”, informa o secretário municipal da Infraestrutura e presidente da Emurb, Sérgio Ferrari.

O planejamento realizado para a manutenção da usina é de dez dias, aproximadamente. De acordo com o presidente da Emurb, apenas o serviço de recapeamento asfáltico será interrompido. “Estamos tomando todas as providências para que o serviço de tapa-buracos não seja comprometido. Vamos utilizar o PMF (Pré-Misturado a Frio), um tipo de massa asfáltica composta por areia, brita, pó de brita, emulsão asfáltica e água, produzido em temperatura ambiente, como também a Emurb vai adquirir massa asfáltica de outras empresas fornecedoras. Com isso, vamos garantir a manutenção do pavimento da cidade, nesse curto período, sem prejuízo nesse tipo de serviço”, garante o gestor.

Usina de asfalto

A aquisição da usina aconteceu em abril de 2009 e sua operação foi iniciada em julho de 2010. Diariamente trabalham na unidade de produção 25 homens, entre engenheiros, técnicos, auxiliares administrativos e vigilantes. A produção do material varia de acordo com a demanda e a necessidade de prestação de serviços. Atualmente o asfalto produzido está sendo destinado aos serviços de tapa-buracos, recapeamento asfáltico e pavimentação, com uma produção média de 210 toneladas por dia.

O Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), conhecido como massa asfáltica, é composto por areia, brita, pó de brita e Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP), produto responsável por unir os materiais, misturados a uma temperatura média de 160º graus. É esse o tipo de asfalto mais utilizado pela Emurb para serviços de pavimentações. Antes de ser utilizado, o material passa pelo laboratório instalado na própria usina para análise. Todo o processo de produção de concreto betuminoso passa por amostragem e ensaios para garantir a qualidade nas diversas fases de execução, desde a seleção dos materiais, misturas e aplicação. Todos os dias, técnicos asseguram esse padrão de qualidade estabelecido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Por Tirzah Braga

Foto: Silvio Rocha