28/09/18 - 08:22:32

Laranjeiras: Prefeito veta Projeto de Lei que cria Conselho da Juventude

O prefeito de Laranjeiras, Paulão da Varzinhas vetou o Projeto de Lei nº 12, de 02 de agosto de 2018, de autoria do vereador Luciano da Várzea e aprovado por unanimidade na casa legislativa. O PL prevê a criação do Conselho Municipal de Juventude (CONMJUV). Após o veto, o projeto deve voltar ao plenário da Câmara para uma nova apreciação, discussão e votação dos pares.

Os conselhos municipais são mais um canal que viabiliza a participação social, que é imprescindível para o exercício da cidadania. Afinal, o contato dos cidadãos com a esfera pública, em todos os seus âmbitos, aproxima-os de processos, ações e políticas públicas que dizem respeito às suas vidas e impactarão no seu dia a dia. Sem eles, muitas pessoas se sentem incapazes, de mãos atadas frente às decisões do poder público.

“Com essa atitude, o prefeito Paulão da Varzinhas mostra a falta de compromisso com os jovens laranjeirenses, na execução de políticas públicas contínuas para a juventude. Como também, prova que não quer escutar os reclames da população. A velha política e o atraso ainda estão enraizados nesta gestão que aí está. Contudo, este veto não deve repercutir bem na cidade”, disse o vereador José Carlos JJ.

O vereador JJ destacou ainda que: “a participação popular é garantia constitucional nas áreas de seguridade social, educação, entre outras. Por isso, normalmente existem vários conselhos em um único município, pois cada um trata de uma área diferente do interesse público, como: educação, saúde, infância e juventude, direitos da mulher, mobilidade urbana, meio ambiente, entre outras. Porém, a atual gestão municipal não está se incomodando com o povo”, acrescentou.

Compromisso com os jovens laranjeirenses

Enquanto o poder executivo ignora as políticas de juventude, através do veto do PL nº 12, de criação do CONMJUV, em junho passado o poder legislativo abriu espaço aos jovens e o presidente do Conselho Estadual da Juventude, Jonathan Hora, fez uma explanação na tribuna da casa legislativa e apresentou algumas ações, programas e projetos desenvolvidos em âmbito nacional e estadual. Além disso, reforçou a necessidade de criação do conselho, que, prontamente, foi acatada pela mesa-diretora e demais vereadores.

“Abraçamos esta causa por entendermos que políticas públicas voltadas para a juventude, é sem sombra de dúvidas um grande benefício para a população como um todo, e o melhor que todos os vereadores entenderam e aprovaram por unanimidade a nossa proposta, lamentavelmente, agora, vetada pelo prefeito”, disse Luciano da Várzea.

Em pronunciamento na Câmara, Jonathan Hora destacou que: “as políticas públicas para a juventude existem, a exemplo dos programas ID Jovem, Inova Jovem e Juventude Viva, porém os jovens precisam de muito mais investimentos, especialmente os negros, que residem nas periferias, que, muitas vezes, não têm acesso a uma Educação de qualidade, oportunidade de emprego, entre outras coisas. Por este motivo, solicitamos espaço na Câmara de Laranjeiras para debater temas importantes e a criação do Conselho Municipal da Juventude e, de imediato, a nossa solicitação foi atendida pelo presidente Luciano dos Santos e demais vereadores, o que nos deixou muito felizes”.

“O prefeito tem maioria na casa, porém todos os vereadores haviam demonstrado apoio ao PL nº12. Será que agora vão voltar atrás, por orientação de Paulão? Esperamos que não”, frisou José Carlos JJ.

TDantas Comunicação/ASCOM CML.