29/09/18 - 00:46:56

Circunstância política levou Valadares Filho a candidatar-se ao Governo

 

O deputado federal Valadares Filho (PSB) tomou a decisão de disputar o Governo do Estado há seis meses. Não pensava nessa possibilidade, mas não pretendia retornar a Brasília para cumprir outro mandato parlamentar. Já disputou a Prefeitura de Aracaju por duas vezes. Não obteve êxito, mas mostrou que tem fôlego suficiente para tentar mandato executivo.

Circunstâncias políticas o fizeram aceitar o desafio de candidatar-se a governador este ano, mesmo com a dificuldade de montar um grupo político resistente à chuva e ao sol. A princípio não se levou isso à muita consideração, porque seu pai, senador Antônio Carlos Valadares (PSB), não abriria mão de tentar seu retorno ao Senado, o que montaria uma chapa majoritária com pai e filho.

Também se levava em consideração a dificuldade de montar composições com partidos de estrutura política consistente, capaz de levar adiante a disputa majoritária ao Governo. Valadares manteve a candidatura e o resultado está à vista. Manteve-se bem durante todo período de campanha e, na reta final, mostra-se como um dos nomes que vai disputar o segundo turno, destruindo todas hipóteses que previam o seu fracasso já nos primeiros passos como candidato oficial do PSB ao Governo do Estado.

Em sua entrevista, postada neste sábado (29) no Faxaju Online, Valadares Filho diz que “a cada dia vejo mais que tomamos a decisão correta, pois estamos oferecendo esperança ao nosso povo, que tem acreditado num projeto desenvolvimentista que temos para Sergipe e que trará uma vida mais digna a nossa gente”.

– Competência será uma das maiores exigências na composição da nossa equipe de governo e, não terei o menor receio em substituir nenhum dos membros, se entendermos que não está atendendo as expectativas da nossa gestão, disse Valadares Filho, concluindo a sua conversa com o Faxaju.

Veja a entrevista:

Faxaju – A decisão de disputar o Governo foi pessoal ou uma necessidade do seu bloco?

Valadares Filho – Foi uma decisão em consonância com a necessidade de Sergipe em ter uma nova via, um novo projeto, focado em valores e princípios éticos que defendo e acima de tudo, que traga esperança à nossa gente de construir dias melhores. Sergipe amarga uma situação caótica em quase todos os setores e possui os piores indicadores da sua história. Portanto, para mudar isso, tomamos uma decisão de coragem, pois sabíamos que enfrentaríamos os poderosos, com as máquinas públicas na mão e comandados pela elite sergipana. A cada dia mais vejo que tomamos a decisão correta, pois estamos oferecendo esperança ao nosso povo, que tem acreditado num projeto desenvolvimentista que temos para Sergipe e que trará uma vida mais digna a nossa gente.

Faxaju – Qual o pensamento de um Governo jovem para resolver tantos problemas velhos?

Valadares Filho – Você tem razão quando diz que temos tantos problemas velhos, problemas que nenhum deles resolveu e que só quem tem novas ideias e pensamentos inovadores poderá resolver. Faremos um Governo com a energia da juventude e disposto a, de fato, transformar a face de Sergipe, tornando-o novamente um Estado promissor, como foi há alguns anos e que, lamentavelmente foi destroçado nos últimos seis anos. Um governo jovem que pensará de forma integrada, associando a visão inovadora à experiência estratégica de uma equipe qualificada e preparada para enfrentar o grande desafio que teremos pela frente. Mas tudo isso só me dá mais energia, afinal, nós jovens, temos sempre uma grande disposição para enfrentar desafios e sei da nossa capacidade em superá-los.

Faxaju – Dentro de um planejamento ousado, como você pensa acabar com uma estrutura arcaica sustentada por vários governos?

Valadares Filho – Esse será um dos nossos primeiros desafios e, ao lado de Silvia Fontes, montaremos uma equipe preparada para enfrentar esse modelo atrasado e arcaico que predomina na política de Sergipe. Iniciaremos com uma grande reforma administrativa, onde a prioridade será colocar as contas em ordem e não atender aos pedidos desse ou daquele cacique político. Construiremos uma gestão na base da meritocracia e não no “toma lá, dá cá” como a velha política está habituada. Com uma equipe qualificada pensaremos Sergipe para 2030, resolvendo não somente os problemas do dia a dia, mas projetando um Sergipe do Futuro, onde a ousadia em propor inovações e novos projetos será uma das nossas marcas. Só se resolve o atraso da velha política com coragem e determinação e isso toda nossa equipe terá de sobra, mostrando que é possível construir um estado eficiente, moderno, transparente e conectado com a inovação e o desenvolvimento econômico.

Faxaju – Você pensa em por em prática a formação de um Governo sem influência política e atrelado à competência e tecnologia?

Valadares Filho – Como disse, nosso Governo irá valorizar a meritocracia e a formação de uma equipe técnica, composta por servidores concursados e por especialistas das universidades, da iniciativa privada e do mercado. Entretanto, é natural que a política também se fará presente, mas, buscaremos os quadros mais qualificados e não somente atendendo a pedidos políticos. Governaremos com os bons políticos e os bons técnicos, formando assim uma equipe qualificada tecnicamente e sensível politicamente às necessidades da população. Competência será uma das maiores exigências na composição da nossa equipe de governo e, não terei o menor receio em substituir nenhum dos membros, se entendermos que não está atendendo as expectativas da nossa gestão e, para acompanhar as metas e indicadores de cada secretaria, montaremos um Gabinete de Gestão, uma instância coordenada pelo próprio Governador que cobrará periodicamente melhores resultados, garantindo assim um melhor serviço a nossa gente. Tudo isso será diretamente associado a tecnologia e a inovação e teremos como uma das principais metas, tornar Sergipe um estado referência no desenvolvimento tecnológico, seja na administração pública, na oferta de serviços a população e na criação de um ambiente propício a criação de Startups e a atração de empresas de base tecnológica, gerando emprego, renda, oportunidades e melhorando a economia sergipana.

Faxaju – Como fazer um Governo forte se a independência do Executivo é atrelado a necessidades e visão do legislativo?

Valadares Filho – Com um governo presente e que dialoque com todos os poderes e instâncias da sociedade. Em Sergipe, todos conhecem meu estilo, aberto ao diálogo e a ouvir toda e qualquer contribuição, disposto a encontrar solução para todo e qualquer problema. Portanto, um Governo, onde o seu chefe maior tem a humildade necessária para ouvir e dialogar, que não se esconde atrás de nenhum cacique político e que está disposto a fazer mais e melhor pelo Estado, certamente encontrará o apoio necessário para Governar de forma equilibrada e eficiente. Os deputados, eleitos democraticamente e representantes do povo, terão, independente do partido que estejam, as portas abertas para dialogar com o Governador e encontrar as melhores soluções para melhorar a vida da nossa gente.