04/10/18 - 06:01:13

“A MÍDIA DEVE SER DEMOCRÁTICA E NÃO CENSURAR”, DIZ KITTY

Um dia após a TV Sergipe promover o debate político com os candidatos ao governo do Estado, a vereadora Kitty Lima (Rede) repudiou o posicionamento da emissora em excluir o candidato pelo partido Rede Sustentabilidade, Dr. Emerson, de um espaço em que deveria servir à democracia para esclarecimento aos eleitores sergipanos.

Em seu discurso na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta quarta-feira, 03, a parlamentar criticou a postura adotada pela filiada da Globo em não permitir a presença do candidato no debate, e criticou qualquer forma de censura imposta por veículos de comunicação.

“Essa foi uma situação absurda, por que será que a TV Sergipe não quis Dr. Emerson nesse debate? O que eles não querem que seja dito? Não se pode calar a voz de uma pessoa que se coloca à disposição da população para concorrer a um cargo eletivo. Essa emissora errou ao adotar essa postura e foi contra um candidato que está apto a exercer o cargo como os demais que participaram do encontro. A mídia deve ser democrática e não tentar a censura, por isso a TV Sergipe deve explicar essa situação à população”, disse.

Kitty lembrou que a presença de Dr. Emerson no debate foi apoiada pelos demais candidatos que assinaram um documento onde pediam que o representante do partido Rede também integrasse a roda de discussão. Porém, no dia marcado para acontecer o debate, três deles retiraram o apoio.

“O partido Rede recorreu à Justiça para garantir a participação de Dr. Emerson, e inclusive, os demais candidatos tinham assinado um documento demonstrado apoio para a participação dele, o que seria mais do que justo. A Justiça concedeu liminar favorável e ainda assim a TV Sergipe recorreu da decisão, e estranhamente três candidatos retiraram o apoio que haviam dado inicialmente. Por que será que Milton Andrade, Eduardo Cassini e Mendonça Prado mudaram de posicionamento de uma hora para a outra?”, questionou Kitty.

A vereadora pediu que a população esteja atenta na hora de eleger seus candidatos nesta eleição, e que busque o representante que possa representá-la de forma ética e responsável.

“Peço para que a população avalie bem todos os candidatos porque eles serão seus representantes e a sua voz. Político honesto é aquele que cumpre com a sua palavra, que honra com os seus compromissos e isso é sinal de caráter. Tem muito candidato que se diz mudança, mas mostra na prática que a palavra vale muito pouco”, pontuou Kitty.

Felipe Maceió