06/10/18 - 05:45:20

SAMU REALIZA PRIMEIRO WORKSHOP E REÚNE CERCA 100 CONDUTORES

As principais dificuldades, problemas e reivindicações dos condutores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Sergipe (Samu 192), estiveram em debate nesta sexta-feira, 5, no auditório do Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha. Cerca de 100 profissionais estiveram reunidos no 1º Workshop de Condutores de Veículos de Urgência e Emergência, objetivando promover maior aproximação entre a parte operacional e da gestão do Samu.

O evento foi aberto pela superintendente do Samu, Lucia Maria dos Santos, que destacou a importância do workshop como espaço para discussão das questões inerentes aos condutores do serviço. “Quisemos ouvir o grupo e por isso propusemos que eles apresentassem suas pontuações e fizessem seus questionamentos à gestão. A função dos condutores neste evento é a da construção de ideias com participação ativa no processo”, disse.

A superintendente, enfatizou que o workshop não teve um palestrante para apresentar uma ideia, mas foi ministrado a partir da colocação dos condutores para atender o seu objetivo, que é o de promover maior aproximação entre eles e os gestores, uma reivindicação da categoria que vinha sentindo a necessidade de dialogar mais com quem administra o serviço, segundo informou o coordenador de Frotas do Samu, Cleverton Costa Souza.

Durante o evento, foi exibido um vídeo motivacional, na oportunidade, também foram feitas homenagens e apresentações temáticas, entre elas, sobre o Núcleo de Educação Permanente (NEP) e Regulação Médica. Dinâmica regionalizada e palestra também fizeram parte da programação do workshop.

O workshop deixou uma expectativa muito positiva entre os participantes e quem garante isso é o condutor da Unidade de Suporte Avançado (Usa) da base de Lagarto. “Foi um momento novo e muito positivo, que conseguiu reunir cerca de 100 condutores e nos deu a certeza de que a partir de agora haverá uma maior integração entre os setores que fazem o Samu, como por exemplo, o operacional com o administrativo e o operacional entre si, ou seja, regulação, enfermagem e a coordenadoria de frota”, disse.

Fonte e foto ascom SES