07/10/18 - 22:37:50

Belivaldo e Valadares no segundo turno e a vitória de Rogério e Alessandro

Deu segundo turno na disputa pelo Governo de Sergipe e a disputa final, dia 28 de outubro, será entre Belivaldo Chagas (PSD) que tenta a reeleição, e o deputado federal Valadares Filho (PSB), o senador Eduardo Amorim (PSDB) ficou em terceiro colocado a 1% de diferença do segundo colocado. Os dois disputaram a segunda até o fechamento das urnas.

Belivaldo Chagas obteve 400.880 votos, o equivalente a 40,83%, Valadares Filho somou 210.997 votos, que equivale a 21,49%, e Eduardo Amorim somou 201.293 votos, que dão 20,50% do total. A disputa que parecia acirrada, mostrou facilidade para Belivaldo Chagas no segundo turno, que ganhou em 34 municípios, Valadares em apenas um (Poço Verde), e Amorim nos 35 restantes.

O resultado surpreendeu, porque em todas as pesquisas de intenção de votos, o candidato Valadares Filho esteve sempre à frente, seguido de Eduardo Amorim em segundo e Belivaldo Chagas em terceiro lugar. Só a partir de setembro, na reta final da eleição, foi que Belivaldo demonstrou crescimento, mas não no tamanho que mostraram as urnas depois de apuradas.

Belivaldo Chagas acompanhou o resultado das urnas do seu apartamento, ao lado de amigos e aliados, mas no final da apuração ele, ao lado da vice-governadora eleita, Eliane Aquino, foram para o Comitê Central do Partido, para comemorar a vitória em primeiro turno, mas lembrando que a luta continua para a eleição final, dia 28 deste mês.

Em rápida entrevista, Belivaldo Chagas disse que nesse momento precisava descansar e se reunir com os amigos vencedores para depois conversar sobre a programação e estratégias para o segundo turno.

Alessandro e Rogério vão ao Senado

O resultado final dos dois candidatos eleitos para o Senado foi uma surpresa para o eleitorado, para a população e para os próprios políticos. Os eleitos foram delegado Alessandro Vieira (Rede), com 472.965 votos (25,95%), e o ex-deputado federal Rogério Carvalho (PT), com 299.401 votos (16,43%).

Rogério Carvalho e Alessandro Vieira surgiam com discrição nas pesquisas realizadas no Estado, inclusive as do Ibope, que sempre mostravam à frente o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e em segundo lugar o ex-governador Jackson Barreto e o deputado federal André Moura.

Na reta final da campanha e já próximo à eleição, foi que o delegado Alessandro Vieira deu um salto na preferência do eleitorado e sinalizou que poderia ganhar o pleito. Pensou-se, inicialmente, que seria uma onda que explodia apenas na grande Aracaju, mas o nome do delegado também chegava firme em todas as cidades do interior e terminou por elegê-lo como o mais votado.

Rogério Carvalho também mostrou crescimento na reta final, mas as avaliações mostravam sempre ele embolado ao lado do deputado federal André Moura (PSC) e Jackson Barreto (PSDB). Mesmo assim continuou trabalhando e chega na apuração como senador eleito, o que chamou a atenção da sociedade, que viu na vitória dos dois uma sinalização de que a população deseja mudanças.

O delegado Alessandro Vieira comemorou a vitória em carreata na Barão de Maruim, onde foi levado pelos eleitores, e Rogério Carvalho também foi ao comitê de campanha para ficar ao lado de Belivaldo Chagas e Eliane Aquinos, que estão no segundo turno ao Governo do Estado.