10/10/18 - 07:19:35

Sérgio Lucas escreve: “Artistas Sergipanos não são tratados com dignidade”

O Ministério da Cultura enviou parte da verba do FORROCAJU.

O que fez a administração municipal? Pegou a sua contrapartida e a verba recebida e pagou, integralmente, às atrações de fora.

Agora, em razão de entraves burocráticos, a segunda parcela da verba do Ministério da Cultura não foi liberada.

Resultado: quem canta a nossa realidade, quem defende a nossa cultura, quem produz e gera riquezas aqui, quem tem os menores cachês, ou seja, o músico sergipano, não recebeu um centavo sequer, passados mais de cem dias da festa.

A falta de isonomia demonstra o desrespeito com que os músicos locais são tratados. Infelizmente, essa prática ocorre na maioria dos municípios sergipanos.

Abro mão da miséria do meu cachê se o nobre alcaide assinar um compromisso público e enviar projeto de Lei em que o Município, para fins de pagamento, respeitará a ordem das apresentações e não pagará aos artistas de fora antes de pagar os artistas locais.

Para que não pensem que abro mão de direitos alheios, informo que já paguei a todos os músicos da minha banda assim que acabou o show.

*Sérgio Lucas – músico sergipano

Foto: Arquivo

Da assessoria