16/10/18 - 09:10:40

IFS sedia Seminário de Saneamento Ambiental nesta terça-feira, 16

Nesta segunda edição do evento, professores e estudantes dos cursos de Saneamento Ambiental , Engenharia Civil e áreas afins estarão reunidos durante três dias discutindo temas relevantes e atuais acerca do sistema de esgotamento sanitário de Sergipe. A expectativa de público é de 120 pessoas/dia

Sergipe possui apenas 18,4% de cobertura de esgotamento doméstico. No Nordeste, o estado está a frente somente do Piauí que tem 9,5% deste índice. Estes dados motivaram as coordenadorias de Saneamento Ambiental e de Engenharia Civil e os grupos de pesquisas Gestão Territorial de Ambientes Costeiros (Gestac) e Saneamento Ambiental (GPSA) do Instituto Federal de Sergipe – campus Aracaju, a promoverem um amplo debate sobre o sistema de esgotamento sanitário sergipano, bem como de seus importantes serviços de saneamento, sem perder de vista a questão socioambiental na qual está inserido.

O Seminário de Saneamento Ambiental, Sanear, será aberto nesta terça-feira, 16, às 19h, no auditório do Centro de Pós-graduação do IFS, na rua Francisco Portugal, 150, bairro Salgado Filho, com uma palestra do professor doutor José Daltro Filho, da Universidade Federal de Sergipe, sobre Desafios e perspectivas para o esgotamento sanitário em Sergipe. A mediadora deste debate será a professora do Instituto Federal de Sergipe, mestre Louise Francisca Sampaio Brandão.

Durante os três dias, será apresentado um panorama geral sobre a situação do esgotamento sanitário no estado, indicando aos estudantes as possíveis áreas ou linhas de pesquisa de trabalho voltados para este sistema. “O seminário prima que os participantes saiam das discussões cientes do cenário em Sergipe, conseguindo ambientar seu curso de formação à realidade do esgotamento sanitário e o seu papel para alterar tal situação de baixa cobertura e ineficiência do sistema”, afirma a professora mestre Carina Siqueira de Souza.

O evento tem também como objetivo capacitar os alunos por meio de minicursos, mesas redondas, salas temáticas e outras ações correlatas ao saneamento ambiental, no tocante ao esgotamento sanitário.

Programação

No segundo dia, quarta-feira, 17, as atividades serão no campus Aracaju. No período da tarde, das 13 h às 17h, acontecem dois minicursos: Alternativas de reuso de efluentes residenciais, com a professora doutora do IFS Tatiana Máximo Almeida Albuquerque e a profa. Louise Brandão, na sala 11, e Orçamento para execução de redes coletoras, interceptoras e emissoras de esgotamento sanitário, com o professor mestre Jorge Luiz Sotero de Santana (IFS), na sala 13.

A programação prossegue à noite, das 19h às 21h30, com as comunicações orais, tendo como mediadores os professores do Instituto Federal de Sergipe, mestre Marcos Luciano Alves Barroso, doutora Maria Silene da Silva e o doutor Rodrigo Gallotti Lima.

Quinta-feira, 18, último dia do seminário, das 13h às 17 h, na sala 11 do campus Aracaju, acontecerá o minicurso Processos oxidativos avançados, ministrado por Carina Siqueira de Souza, professora doutora do IFS. A solenidade de encerramento será realizada no auditório do Centro de Pós-graduação. A partir das 19h15, uma mesa redonda com o engenheiro Erasmo Gomes Santos Júnior, da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso); Luciano de França Solano, Fundação Nacional de saúde (Funasa) e a engenheira Morgane de Aguiar Chagas, da Companhia De Desenvolvimento do Vale São Francisco (Codevasf), debaterá as perspectivas e os desafios do esgotamento sanitário em Sergipe. O mediador do debate será o professor Rodrigo Gallotti.

Fonte: ascom IFS