17/10/18 - 07:00:08

A hora da vingança

A campanha eleitoral está deixando claro porque o governo estadual não prestigia os servidores públicos, a ponto de tê-los deixado há anos sem reajuste salarial, largados à própria sorte. Em vez de investir nestes profissionais de carreira, o Executivo prefere gastar uma fortuna contratando milhares de cargos em comissão para usá-los como bem pagos cabos eleitorais, disposto a segurar bandeiras e distribuir “santinhos” do candidato governista. Como o servidor não aceita este tipo de pressão fica a pão e água, sob o argumento que a lei de responsabilidade fiscal impede o governo de melhorá-lo financeiramente. Isso não é verdade, pois se não houvesse a farra dos CC’s, existia dinheiro de sobra para reajustar os salários. Portanto, cabe ao funcionalismo dar uma resposta nas urnas a quem não lhe respeita, preferindo torrar os recursos públicos com um bando de apadrinhados. Homem, vôte!

Soltou os cachorros

O vereador aracajuano Elber Batalha Filho (PSB) chamou o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) de “intransigente, intolerante e truculento”. O moço fez tal acusação ao criticar o comunista por se recusar a dialogar com os médicos do município, em greve desde julho passado. Elber concluiu alertando os servidores da Prefeitura para ficarem atentos às falsas promessas de campanha. Cruzes!

Cara de um…

“Nestas eleições vamos dar não definitivo à bagunça, à baderna, ao caos, à intolerância ao totalitarismo, à bandeira vermelha. Vamos dar sim à nossa Bandeira verde, amarela, azul e branca. Vamos cantar o nosso Hino Nacional e não a Internacional Socialista”. Quem ler isso pensa logo se tratar de um discurso do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Não é. Tais afirmações nacionalistas foram feitas por Fernando Collor de Melo (PTC) em 1989, quando era candidato a presidente da República. Misericórdia!

Agora vai!

E o candidato à reeleição governador Belivaldo Chagas (PSB) está prometendo ampliar para todo o estado a cobertura de internet banda larga. Segundo ele, a medida agilizará os serviços governamentais nas áreas de saúde, educação, segurança pública, etcétera e tal. Chagas revela que os recursos para concretizar esta promessa virão do Programa BNDES Pro-Segurança Pública. Aguardemos, portanto!

Pode votar

O eleitor que não votou e não justificou a ausência à urna no 1º turno das eleições, pode comparecer à votação normalmente agora no 2º turno, marcado para o próximo dia 28. Quem não pôde votar no último dia 7, nem justificou a ausência no mesmo dia do pleito, tem até 6 dezembro para apresentar justificativa em qualquer cartório eleitoral. Você tá nessa?

De olho no futuro

Possibilitar aos futuros universitários entre 15 e 18 anos a oportunidade de conhecerem melhor diversas profissões, com experimentações práticas de carreiras por meio de atividades como orientação vocacional, gincanas, games gigantes e equipamentos com realidade virtual.  Em síntese, este é o conceito da 1ª edição do Viva Estácio, evento que a Faculdade Estácio de Sergipe realizará, na próxima terça-feira. A expectativa da instituição é reunir mais de 8 mil estudantes, que terão contato direto com as mais diversas profissões, tudo de maneira convidativa, lúdica e sensorial. Legal!

Ouvindo demandas

E o senador eleito Alessandro Vieira (Rede) começa hoje, uma série de reuniões com os prefeitos de Sergipe. A primeira será com os gestores de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), e de São Cristóvão, Marcos Santana (MDB). “Queremos conhecer as demandas e projetos prioritários dos municípios”, explica o senador. Ele obteve 474 mil votos, sendo o candidato ao Senado mais votado em 30 dos 75 municípios sergipanos.  Isso é que é saber montar num cavalo selado!

União de forças

O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, participou, em Brasília, da reunião que criou a “Frente Ampla em defesa da democracia no Brasil e contra o ódio”. Além do PT, integram o movimento o PSB, PCdoB, PROS e PSOL. Segundo Macedo, “Fernando Haddad representa um projeto de país em que todos têm oportunidades. Tenho certeza que os brasileiros ficarão do lado certo da história”. Marminino!

Apoio negado

Derrotado na disputa para o Senado, o deputado federal André Moura (PSC) nega que tenha liberado seu grupo político para apoiar a reeleição do governador Belivaldo Chagas (PSD). Segundo ele, é mentira que os prefeitos de Pirambu, Élio Martins (PSC), e de Japaratuba, Lara Moura PSC), estão apoiando Chagas: “Por enquanto, os dois só declararam apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro”, diz Moura. Então, tá!

A casa caiu

E a Polícia Federal apreendeu em Cristinápolis, 321 quilos de maconha, transportados em um caminhão oriundo de São Paulo. Junto com a carga proibida também havia um bem azeitado fuzil. Natural de Itabaiana, o motorista do caminhão não apresentou resistência durante a abordagem policial. Somente este ano, a PF já tirou de circulação em Sergipe 2,168 toneladas de maconha, 13quilos de cocaína e 8,2 quilos de crack. É droga pra endoidar meio mundo. Crendeuspai!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Liberal, em 5 de abril de 1930.

Resumo dos Jornais