18/10/18 - 13:37:12

AMAS faz apelo sobre situação dos táxis no bairro Santa Maria

por Eduardo Andrade e Leilane Coelho

A Associação de Mulheres e Amigos do Bairro Santa Maria (AMAS) fez uso da Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) durante a 84ª Sessão Ordinária, nesta quinta-feira, 18. No Plenário, os moradores pediram solução para um problema comum da região, que é a questão transporte de passageiros, do bairro para outras localidades da cidade.

Subindo à Tribuna, a representante da AMAS, Arleide Ferreira dos Santos, falou sobre a situação dos táxis no bairro. Segundo ela, o acordo mais recente entre o Sindicato dos Taxistas do Estado de Sergipe (Sintaxi) e a Prefeitura de Aracaju (PMA) para a implantação de novos táxis foi feito antes do Santa Maria pertencer a Aracaju, o que tem gerado muitos problemas. Arleide também denunciou que a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT) tem multado moradores que fazem transporte na região, mas sem que o sistema tenha sido implantado no local.

“Todos nós sabemos que o Santa Maria passou a pertencer a Aracaju há pouco tempo. Existe uma lei municipal fruto de um acordo do Sintaxi com a Prefeitura há muito tempo, onde um técnico fez um estudo minucioso para que milhares de táxis atendessem a demanda de Aracaju na época. Mas Aracaju cresceu e o Santa Maria não pertencia ao município antes. Por que não avaliar a situação do nosso bairro? A SMTT, em uma ação ilegal, costuma multar o pai de família o chamando de clandestino. Mas o Santa Maria nunca teve clandestino porque o sistema nunca foi implantado. Algum aqui já viu no Santa Maria uma placa de ponto de táxi? Não, porque não tem. Como vai multar e apreender um veículo se não existe o sistema na comunidade? Quero pedir que olhem essa situação e implantem os táxis no Santa Maria, abrindo a concessão de alvará. Sergipe tem 75 municípios e aquele bairro perde apenas para Itabaiana e Nossa Senhora do Socorro”, disse a moradora.

Continuando com o seu apelo, ela afirmou que muitos táxis de Aracaju rejeitam corridas no bairro com medo da fama de violência no local. Por fim, Arleide pediu atenção especial de um dos parlamentares de forma específica: o vereador Bigode do Santa Maria (MDB), que é da área e conhece bem esta problemática.

“Quero pedir aos senhores que sentem e analisem isso. Estão lá os pais de família tendo que atender a demanda, porque o táxi de Aracaju não vai para lá com medo da fama do bairro. Queremos uma causa justa para viver com dignidade, mas o carro do morador da comunidade é apreendido e multado. Espero que o senhor, vereador Bigode, que é do Santa Maria, compre esta luta. Queremos exercer uma cidadania plena, como todo bairro de Aracaju. Será que estamos lá apenas para receber visitas na época de eleição? Claro que não! Estamos lá porque elegemos vocês e queremos que olhem para nós”, complementou.

Foto César de Oliveira